acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia solar

Petrobras instala sistema termossolar em refinaria

24/05/2004 | 00h00

A Petrobras inaugurou, nesta sexta-feira (21/05), um sistema termossolar de aquecimento de água na Refinaria de Capuava, no ABC paulista. O aparato solar vai substituir o antigo sistema a GLP e aquecerá cerca de 10 mil litros de água por dia, beneficiando cerca de mil usuários.
O sistema é composto por 182 metros quadrados de coletores solares e promoverá uma redução do consumo de GLP equivalente ao consumo anual de energia elétrica de 52 residências, considerando que utilizem 150 kW/h ao mês. O investimento foi de aproximadamente R$ 100 mil e a redução de gastos foi de R$ 1 mil mensais
O sistema foi idealizado pela Gerência de Energia Renovável, ligada a Diretoria de Gás e Energia da Petrobras. A iniciativa dá continuidade ao projeto Petrobras de Energia Solar, que prevê a instalação de novos sistemas em várias unidades da Empresa.
Segundo nota enviada pela Petrobras, as vantagens socioambientais dos sistemas termossolares incluem a diminuição da demanda externa de energia elétrica, diversificação da matriz energética e o aproveitamento de recursos renováveis, além de contribuírem com as ações de responsabilidade social e de fortalecimento da imagem da empresa.
Em Capuava, a água quente produzida por meio do aquecimento solar é utilizada para lavagens e assepsias de panelas e equipamentos do restaurante, aquecimento de balcões térmicos, pré-aquecimento de água para cozimento de alimentos e banho diário de vinte pessoas, que trabalham no local. O aquecimento da água é feito a partir do calor da radiação solar, que é captada por coletores. Aquecido, o líquido é mantido em reservatórios termicamente isolados até seu uso final.
Os projetos já implantados pela companhia para aproveitamento de fontes renováveis de energia utilizam a energia solar (térmica e fotovoltaica) e eólica. Atualmente, a Petrobras aproveita a energia dos ventos para a produção de eletricidade no Rio Grande do Norte, com capacidade instalada de 1,8 MW. Existem estudos para o aproveitamento desta energia para os estados do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, com capacidade da ordem de 3 MW cada. A energia gerada destina-se a consumo próprio de unidades industriais da empresa.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar