acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Biocombustíveis

Petrobras inicia produção de etanol em São Paulo

13/04/2011 | 15h17
O presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, anunciou nesta quarta (13), o início da safra 2011/12 de cana-de-açúcar, na unidade Andrade, em Pitangueiras (SP). Rosseto também visitou as obras de uma nova destilaria para a produção de 107 mil metros cúbicos de etanol, por ano, na unidade São José, em Colina. Ambas são unidades da Guarani, empresa na qual a Petrobras Biocombustível tem participação.
 
 
“Iniciamos hoje a produção de etanol na unidade Andrade, uma das maiores usinas do país, com 300 mil m3 de capacidade. Em junho, vamos inaugurar a nova destilaria em São José, ampliando assim a capacidade de fornecimento de etanol para o mercado brasileiro”, disse Rossetto na coletiva realizada na unidade São José.
 
 
O presidente destacou ainda os investimentos de R$ 767 milhões da Guarani para expansão da capacidade de processamento de cana-de-açúcar, produção de etanol, e cogeração de energia nos próximos quatro anos. “Vamos crescer e a Guarani é um dos grandes instrumentos de ampliação da produção”. 
 
 
Rossetto disse ainda que a estratégia de crescimento para responder as necessidades do mercado é flexível. “Buscamos projetos com qualidade técnica, logística, ambiental e rentabilidade econômica. Temos um plano de negócios que prevê investimentos de US$ 1,9 bilhão em produção de etanol. Estamos revisando este plano a partir de um cenário de aumento dos investimentos em biocombustíveis, que será divulgado em maio.”
 
 
Sobre o preço do etanol, o presidente comentou que, com início da safra, a tendência é reduzir. Lembrou que os impactos neste aumento são variados, como a seca do ano passado, o aumento da demanda e a crise financeira de 2008. 
 
 
Produção de etanol - A Petrobras Biocombustível iniciou investimentos em produção de etanol a partir de dezembro de 2009. A empresa tem hoje participações na Guarani, Nova Fronteira Bioenergia e Total Agroindústria Canavieira. A empresa encerrou 2010 com participação em 10 usinas, com capacidade de moagem de 24,5 milhões de toneladas de cana, produção de 942 mil m3 de etanol e exportação de 517 GWh de energia elétrica (geração de energia a partir de bagaço de cana). 
 
 
De acordo com o Plano de Negócios 2010-2014, os investimentos previstos para produção de etanol é de US$ 1,9 bilhão. A meta é chegar a 2014 com uma produção de 2,6 bilhões de litros de etanol.  


Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar