acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bacia de Santos

Petrobras inicia produção comercial em Iracema Sul no pré-sal da Bacia de Santos

15/10/2014 | 10h18
Petrobras inicia produção comercial em Iracema Sul no pré-sal da Bacia de Santos
Divulgação Petrobras Divulgação Petrobras

 

A Petrobras informa que entrou em operação hoje, 14 de outubro, o navio-plataforma Cidade de Mangaratiba, instalado na área de Iracema Sul, no campo de Lula, localizado no bloco BM-S-11, no pré-sal da Bacia de Santos. A nova plataforma teve seu início de produção antecipado, uma vez que a previsão original de entrada em operação, conforme previsto pelo Plano de Negócios e Gestão da companhia para o período de 2014-2018, era 6 de novembro de 2014.
A plataforma Cidade de Mangaratiba é uma unidade do tipo FPSO (unidade que produz, armazena e transfere petróleo). A unidade foi contratada em setembro de 2011 junto ao consórcio Schahin-Modec e seu casco foi convertido no estaleiro Cosco, em Dalian, na China. Já a integração dos módulos da planta de processo foi realizada no estaleiro BrasFels, em Angra dos Reis, Rio de Janeiro.
A plataforma, ancorada em profundidade de 2.200 metros, a cerca de 240 km da costa, terá capacidade para processar, diariamente, até 150 mil barris de petróleo e 8 milhões de m3 de gás, além de armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo. O poço 4-RJS-647, primeiro a ser interligado à plataforma, tem potencial de produção superior a 30 mil barris por dia. O petróleo produzido na área de Iracema Sul é de elevada qualidade e de média densidade (30º API) e será escoado por navios aliviadores.
O escoamento da parcela do gás não utilizado para reinjeção no campo será feito pela Malha Integrada de Escoamento de Gás da Bacia de Santos. O Cidade de Mangaratiba será conectado a oito poços produtores e oito injetores ao longo dos próximos meses. A previsão é que o pico de produção seja atingido no primeiro semestre de 2016.
O conteúdo local estimado para o desenvolvimento da área de Iracema Sul é de 42%, superior ao conteúdo local mínimo de 30% estabelecidos pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para o bloco BM-S-11. A construção e integração de módulos da plataforma, no Brasil, envolveram quatro sites de obras no Rio de Janeiro – distribuídos por Itaguaí, Ilha do Fundão, Niterói, Angra dos Reis – além da Bahia.
A concessão BM-S-11 é operada pela Petrobras (65%), em parceria com a BG E&P Brasil Ltda (25%) e Petrogal Brasil S.A. (10%).
Características técnicas 
Capacidade de produção: 150 mil barris por dia 
Capacidade de tratamento de gás natural: 8 milhões de m3 por dia
Capacidade de armazenamento: 1,6 milhão de barris de petróleo
Alojamento: 150 pessoas
Profundidade d´água de operação: 2.200 metros"

A Petrobras informa que entrou em operação hoje, 14 de outubro, o navio-plataforma Cidade de Mangaratiba, instalado na área de Iracema Sul, no campo de Lula, localizado no bloco BM-S-11, no pré-sal da Bacia de Santos.

A nova plataforma teve seu início de produção antecipado, uma vez que a previsão original de entrada em operação, conforme previsto pelo Plano de Negócios e Gestão da companhia para o período de 2014-2018, era 6 de novembro de 2014.

A plataforma Cidade de Mangaratiba é uma unidade do tipo FPSO (unidade que produz, armazena e transfere petróleo).

A unidade foi contratada em setembro de 2011 junto ao consórcio Schahin-Modec e seu casco foi convertido no estaleiro Cosco, em Dalian, na China.

Já a integração dos módulos da planta de processo foi realizada no estaleiro BrasFels, em Angra dos Reis, Rio de Janeiro.

A plataforma, ancorada em profundidade de 2.200 metros, a cerca de 240 km da costa, terá capacidade para processar, diariamente, até 150 mil barris de petróleo e 8 milhões de m3 de gás, além de armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo.

O poço 4-RJS-647, primeiro a ser interligado à plataforma, tem potencial de produção superior a 30 mil barris por dia.

O petróleo produzido na área de Iracema Sul é de elevada qualidade e de média densidade (30º API) e será escoado por navios aliviadores.

O escoamento da parcela do gás não utilizado para reinjeção no campo será feito pela Malha Integrada de Escoamento de Gás da Bacia de Santos.

O Cidade de Mangaratiba será conectado a oito poços produtores e oito injetores ao longo dos próximos meses.

A previsão é que o pico de produção seja atingido no primeiro semestre de 2016.

O conteúdo local estimado para o desenvolvimento da área de Iracema Sul é de 42%, superior ao conteúdo local mínimo de 30% estabelecidos pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para o bloco BM-S-11.

A construção e integração de módulos da plataforma, no Brasil, envolveram quatro sites de obras no Rio de Janeiro – distribuídos por Itaguaí, Ilha do Fundão, Niterói, Angra dos Reis – além da Bahia.

A concessão BM-S-11 é operada pela Petrobras (65%), em parceria com a BG E&P Brasil Ltda (25%) e Petrogal Brasil S.A. (10%).

 

Características técnicas 

Capacidade de produção: 150 mil barris por dia 

Capacidade de tratamento de gás natural: 8 milhões de m³ por dia

Capacidade de armazenamento: 1,6 milhão de barris de petróleo

Alojamento: 150 pessoas

Profundidade d´água de operação: 2.200 metros

 



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar