acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Refino

Petrobras espera concluir aquisição de unidade nos EUA em setembro

22/08/2006 | 00h00

A Petrobras espera concluir no dia 1º de setembro a aquisição da refinaria de Pasadena, no Texas. O negócio está em avaliação do Comitê sobre Investimentos Estrangeiros nos Estados Unidos (Cfius, na sigla em inglês), que analisa a compra de empresas americanas por estrangeiras. A Petrobras comprou da Astra Oil 50% dar refinaria de Pasadena, pagando US$ 370 milhões.

A unidade já voltou a operar normalmente depois de ter fechado na segunda-feira da semana passada sua unidade de craqueamento catalítico. O Valor apurou que a unidade deixou de processar cerca de 40 mil barris de petróleo devido a um problema no compressor. Como a unidade tinha estoques de derivados, não houve prejuízo imediato com a paralisação, informou uma fonte.

O problema na refinaria de Pasadena foi notificado à Comissão de Qualidade do Meio Ambiente do Texas, quando foi informada a interrupção da produção de 100 mil barris por dia de combustíveis. A refinaria já voltou à operação normal e técnicos agora analisam o problema com o compressor.

A Petrobras prevê, em seu plano estratégico, investimentos de US$ 400 milhões a US$ 500 milhões nos próximos quatro anos na refinaria texana. O objetivo é aumentar a capacidade de processamento da unidade e para que ela possa utilizar óleo pesado produzido no Brasil.

A unidade ainda precisa de 100% de petróleo leve para produzir derivados, e a previsão da Petrobras é de que esse percentual seja de 30% após os investimentos em conversão, quando a unidade usará 70% de óleo pesado.



Fonte: Valor Econîmico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar