acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Natal

Petrobras e UFRN inauguram Laboratório de Automação em petróleo

22/08/2008 | 09h09

A Petrobras e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte inauguraram o Laboratório de Automação em Petróleo (LAUT), nesta quinta-feira, dia 21, às 10 horas, no campus central da UFRN, em Natal.

 

A companhia aplicou R$ 670 mil para a obra do laboratório, construído em uma área de 620m². O espaço tem quatro salas de pesquisas, auditório com cinqüenta lugares, salas de reuniões, biblioteca, salas de treinamento, para pesquisadores visitantes, de informática, para empresas parceiras e para pré-incubação de empresas.

 

O laboratório também é responsável pelo desenvolvimento de projetos de pesquisa e equipamentos para automação de poços (AUTOPOC), gerenciamento da informação para automação industrial (GERINF), estudo e implemento de técnicas para controladores não-lineares (REDICONT), detecção de vazamentos em dutos (SONIC), projeção e instalação de sistemas identificadores de contaminação (BCSENSOR), rede de instrumentação e controle (REDIC) e desenvolvimento de programas para unidades de bombeio (RODCAD).

 

A cada ano é fortalecida a parceria entre a Petrobras e UFRN para o desenvolvimento de novas tecnologias em projetos ligados ao setor de petróleo e gás natural no RN.  A empresa investiu de 1999 a 2007 R$ 84 milhões para construção e melhoria de 37 laboratórios de pesquisa e pagamento de bolsas aos pesquisadores, dotando a instituição com o moderno Núcleo de Estudos em Petróleo e Gás Natural. Isto propiciou também a criação da pós-graduação em petróleo e da graduação em Química do Petróleo. No próximo ano a UFRN vai ofertar vagas para graduação em Engenharia de Petróleo.

 

Na opinião de Fernando Lima, gerente geral da Petrobras no Rio Grande do Norte e Ceará, a parceria entre a companhia e a Universidade Federal do Estado é tida atualmente como uma referência nacional, pela alta qualidade dos projetos. “O maior legado que a Petrobras deixa para o Rio Grande do Norte é o pólo tecnológico constituído na Universidade. Os projetos desenvolvidos aqui exercem importante papel no desenvolvimento do Estado”, destacou José Ivonildo Rêgo, reitor da UFRN.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar