acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pesquisa e Desenvolvimento

Petrobras e UFF fecham parceria para construção de novos laboratórios

10/10/2008 | 10h40
Petrobras e UFF fecham parceria para construção de novos laboratórios
Petrobras e UFF fecham parceria para construção de novos laboratórios Petrobras e UFF fecham parceria para construção de novos laboratórios

A Petrobras e a Universidade Federal Fluminense (UFF) assinam hoje (10/10) um termo de cooperação para construção e recuperação da infra-estrutura dos institutos de Química, Engenharia Química e Engenharia de Petróleo da instituição de ensino. A estatal investirá R$ 15 milhões no projeto, que prevê a construção de três novos prédios no Campus da Praia Vermelha, em Niterói.

 

Na área de construção civil, destinada ao Instituto de Química, serão 6.700 m2 de área construída, compreendendo laboratórios de pesquisa para análises de substâncias orgânicas e inorgânicas, preparo de amostras, câmara fria, central de gases, central de resíduos, almoxarifado central, gabinetes e áreas de uso comum, como auditório e biblioteca. Os laboratórios terão equipamentos previamente adquiridos via projetos do CT-PETRO (Fundo Setorial de Petróleo e Gás Natural) e outras agências de fomento.

 

A Escola de Engenharia da UFF será remodelada. O departamento de Engenharia Química e Petróleo, que hoje ocupa uma área de 400 m2 na Escola de Engenharia, terá mais 1.500m2 de área construída para atender a laboratórios de pesquisa e áreas de trabalho para professores e alunos, fortalecendo atividades laboratoriais em toda a cadeia de valor de petróleo e gás natural.

 

Este projeto de reformulação de infra-estrutura, aprovado previamente pela Agência do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), é parte da estratégia da Petrobras para atender à cláusula de investimentos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) presente nos contratos de concessão de exploração e produção entre a Petrobras e a ANP.

 

Segundo a cláusula, pelo menos 1% da receita bruta gerada pelos campos de grande rentabilidade ou grande volume de produção deve ser investido em pesquisa e desenvolvimento, sendo 50% deste valor para universidades e instituições nacionais. Durante o ano de 2008 a Petrobras investirá cerca de R$ 470 milhões de reais em universidades e institutos de pesquisa brasileiros.

 

Serviço

 

Local: Pilotis do Laboratório de Documentação Ativa e Design Inteligente (ADDLabs), no Campus da Praia Vermelha, São Domingos, Niterói
Data: 10/10/2008
Horário: 15h



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar