acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
ONS

Petrobras e Statoil negociam campo de gás no Irã

24/08/2004 | 00h00

STAVANGER - Uma das rotas para alcançar o grande sonho da Petrobras de voltar a operar no Iraque, de onde saiu em meados da década de 1980, o campo de gás natural de Tulsan, no Irã, deverá tornar-se objeto de negociação entre a Petrobras e a estatal norueguesa Statoil, empresa com a qual a maior petroleira da América do Sul pretende intensificar intercâmbio tecnológico. O gerente executivo da Área Internacional da Petrobras, João Carlos de Araújo Figueira, revelou que a companhia pretende apresentar um convite para a operadora nórdica explorar o campo iraniano.
O executivo, que participou de uma reunião com o novo presidente da Statoil, Helge Lund, revelou que a Petrobras já negocia com a estatal norueguesa e outras operadoras estrangeiras a formação de um consórcio para explorar petróleo na Venezuela. Ele ressalvou, no entanto, que o objetivo não é estender as atividades desse consórcio para outras áreas do exterior. O convite à Statoil deverá, segundo ele, ocorrer em um futuro próximo, como resultado de uma aproximação que visa principalmente ao intercâmbio tecnológico na área de gás natural.
Com relação ao Iraque, Figueira confirmou que a companhia mantém interesse em voltar a explorar naquele país, de onde saiu após ter descoberto o campo gigante de Majnoon. Ele deu a entender, no entanto, que isso terá que ocorrer ao longo do tempo, à medida que a situacão no território iraquiano voltar a se acalmar. De qualquer maneira, tal movimento já representa um primeiro passo da companhia para voltar a operar na região do Golfo Pérsico, responsável por mais de 60% das reservas mundiais de petróleo.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar