acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Descoberta

Petrobras e PDVSA identificam reserva gigante de óleo na Venezuela

16/11/2006 | 00h00

Num investimento conjunto, as estatais Petrobras e PDVSA (Venezuela) conseguiram identificar na bacia do rio Orinoco, no país vizinho, um campo gigante de petróleo com reservas de 9 bilhões de barris --volume superior ao reservatório de 8 bilhões de barris do campo de Marlim, o maior do Brasil, localizado na bacia de Campos (litoral do Rio de Janeiro).

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse que as companhias já obtiveram a "a certificação das reservas provadas" do campo de Carabobo 1. No jargão da indústria do petróleo, isso significa que há a comprovação da existência do óleo e de que ele pode ser explorado --nem todos os volumes de óleo descobertos podem ser produzidos, dependendo do seu tipo e de sua acomodação no subsolo.

Ao todo, a PDVSA conseguiu comprovar que existem reservas de 45,4 bilhões de barris de óleo no bloco de Carabobo. A exemplo do que ocorre com a Petrobras, a estatal venezuelana desenvolve projetos com outras companhias para explorar tais reservas em diversos campos.

Gabrielli disse, porém, que ainda está em estudo qual será o investimento necessário e a produção prevista para o campo. Também não está acertada a participação da Petrobras no projeto.

O investimento no campo de Carabobo 1 é a contrapartida da Petrobras pelo investimento da PDVSA na refinaria de Pernambuco, que deve entrar em operação em 2011. Na unidade, o investimento total deve ficar em até US$ 2,8 bilhões.

"Este projeto está associado à refinaria. É a contrapartida da refinaria", disse Gabrielli, que esteve ontem na Venezuela junto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na inauguração de uma ponte financiada pelo BNDES.

O presidente da Petrobras afirmou, porém, que a refinaria ainda está na fase de "projeto técnico" e que as participações societárias da Petrobras e da PDVSA não foram definidas.

Com informações da Folha Online.



Fonte: Da Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar