acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Punição

Petrobras é multada por vazamento de óleo no litoral paulista

09/04/2013 | 09h27

 

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) multou na segunda-fera (8) a Petrobras em R$ 10 milhões pelo vazamento de óleo ocorrido sexta-feira (5) em São Sebastião, no litoral paulista. O acidente, causado por um problema em uma válvula durante o abastecimento de um navio no píer, contaminou 11 praias dos municípios de São Sebastião e Caraguatatuba. O Ministério Público Estadual deverá ainda oferecer  denúncia de crime ambiental.
Foram mobilizadas na operação de contenção do vazamento 230 pessoas em terra, 70 no mar e 27 embarcações para instalação de barreiras absorventes. Também participaram duas embarcações para recuperação do óleo denso do tipo marine fuel 380 (usado como combustível de navios). Um helicóptero está fazendo o monitoramento do derramamento, e técnicos da Cetesb acompanham os trabalhos.
A Cetesb recomenda que os banhistas evitem as praias das Cigarras, Arrastão, Pontal da Cruz e Deserta, em São Sebastião, e Mococa, Cocanha, Massaguaçu e Capricórnio, em Caraguatatuba.
Em nota, a Petrobras Transporte (Transpetro) disse que foi notificada da autuação e que se manifestará dentro do prazo legal.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) multou na segunda-fera (8) a Petrobras em R$ 10 milhões pelo vazamento de óleo ocorrido sexta-feira (5) em São Sebastião, no litoral paulista. O acidente, causado por um problema em uma válvula durante o abastecimento de um navio no píer, contaminou 11 praias dos municípios de São Sebastião e Caraguatatuba. O Ministério Público Estadual deverá ainda oferecer  denúncia de crime ambiental.


Foram mobilizadas na operação de contenção do vazamento 230 pessoas em terra, 70 no mar e 27 embarcações para instalação de barreiras absorventes. Também participaram duas embarcações para recuperação do óleo denso do tipo marine fuel 380 (usado como combustível de navios). Um helicóptero está fazendo o monitoramento do derramamento, e técnicos da Cetesb acompanham os trabalhos.


A Cetesb recomenda que os banhistas evitem as praias das Cigarras, Arrastão, Pontal da Cruz e Deserta, em São Sebastião, e Mococa, Cocanha, Massaguaçu e Capricórnio, em Caraguatatuba.


Em nota, a Petrobras Transporte (Transpetro) disse que foi notificada da autuação e que se manifestará dentro do prazo legal.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar