acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pesquisa e Desenvolvimento

Petrobras e IPT inauguram Laboratório de Motores

19/08/2011 | 08h44
Petrobras e IPT inauguram Laboratório de Motores
Petrobras e IPT inauguram Laboratório de Motores Petrobras e IPT inauguram Laboratório de Motores
A Petrobras e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT) inauguraram ontem (18), o Laboratório de Motores do IPT, que atua na pesquisa e desenvolvimento de combustíveis, aditivos e motores de combustão, com foco em motores e veículos do ciclo diesel. O laboratório, que faz parte da Rede Temática de Desenvolvimento Veicular, recebeu investimentos de R$ 5 milhões para modernização da infraestrutura e aquisição de equipamentos.
 
 
O gerente executivo do Cenpes, Carlos Tadeu da Costa Fraga, destacou o período em que o Brasil vive no tocante ao ambiente industrial e às oportunidades de inovação associadas a esse momento. Especificamente na área de energia, o gerente enfatizou três grandes fatos que influenciam a trajetória da Petrobras: as fontes fósseis do pré-sal e as oportunidades geradas no Brasil em função desta descoberta, os biocombustiveis e a liderança inegável do país em relação aos níveis internacionais e as demais fontes alternativas de energia, como a eólica e a solar.
 
 
“Se olharmos somente a questão da energia, temos no Brasil uma combinação mágica que é: escala, oportunidade de inovação e um programa de longo prazo. Com tudo isso, combinado às políticas públicas adequadas, é possível transformar o país na área de inovação”, afirmou Tadeu.
 
 
“Este laboratório representa, dentro do tema desenvolvimento de produtos e motores, o que há de mais moderno em termos de aparato experimental. A Petrobras está investindo para criar no Brasil um parque tecnológico de ponta”, concluiu.
 
 
Com os investimentos da Petrobras, foi possível renovar a bancada de dinamômetro dinâmico do laboratório, onde serão realizados ensaios de emissões de motores de combustão, necessários para o desenvolvimento de combustíveis e motores. Nessa bancada também será possível realizar as certificações de veículos comerciais de acordo com as novas legislações ambientais, como o Euro V do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), que entrará em vigor em janeiro de 2012, buscando diminuir os níveis de poluição emitidos por caminhões e ônibus. Em outra nova bancada dinamométrica instalada serão desenvolvidos ensaios de desempenho e durabilidade de combustíveis e motores.
 
 
O novo laboratório também conta com um sistema embarcado com GPS para medição de emissões gasosas regulamentadas, que possibilita a avaliação de veículos em condições de uso, a elaboração de inventários de emissões veiculares e a avaliação de novos combustíveis e de novas tecnologias veiculares, como veículos híbridos.
 
 
Também estiveram presentes na inauguração o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, Paulo Alexandre Barbosa, e o diretor-presidente do IPT, João Fernando Gomes de Oliveira.
 
 
Redes Temáticas
 
 
O modelo das Redes Temáticas foi criado pela Petrobras em 2006, voltado para o relacionamento com as universidades e institutos de pesquisas brasileiros. Hoje já há 50 redes operando em parceria com mais de 100 universidades e instituições de pesquisas de todo o Brasil. Nas redes, as instituições desenvolvem pesquisas em temas estratégicos para o negócio da Petrobras e para a indústria brasileira de energia. A Petrobras vem investindo cerca de R$ 460 milhões anuais, em média, possibilitando às instituições conveniadas a implantação de infraestrutura, aquisição de modernos equipamentos, criação de laboratórios de padrão mundial de excelência, capacitação de pesquisadores/recursos humanos e desenvolvimento de projetos de Pesquisa & Desenvolvimento nas áreas de interesse, como petróleo e gás, biocombustíveis e preservação ambiental.  


Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar