acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Biocombustíveis

Petrobras e Eni iniciam estudos sobre projetos conjuntos em biocombustíveis

27/03/2007 | 00h00

A Petrobras e a empresa italiana Eni assinaram nesta terça-feira (27/03), em Brasília, um memorando de entendimentos para o desenvolvimento conjunto de novas tecnologias na produção de biocombustíveis.

O Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o primeiro-ministro da Itália, Romano Prodi, o diretor do Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e o CEO da Eni, Paolo Scaroni, participaram da solenidade.

"Com este memorando, a Petrobras e a Eni buscam o desenvolvimento de novas tecnologias para a produção em larga escala de biocombustíves. Os estudos em conjunto incluem a seleção de matérias-primas para o refino e, ainda, a possibilidade de melhoria no refino de óleos pesados no Brasil", informa a petroleira brasileira em um comunicado enviado à imprensa.

As duas empresas oferecem contribuições para a tecnologia de refino. A Petrobras desenvolveu a tecnologia para a produção de HBIO e criou rotas alternativas para a produção de biodiesel, e a Eni é responsável por um novo processo catalítico, o Eni Slurry Technology (EST), que converte para destilados resíduos pesados de refino.

Por meio deste memorando, as empresas se comprementem a:

· avaliar a possibilidade de formação de uma aliança estratégica em países com condições apropriadas para a produção de biocombustíveis e sua comercialização no mercado internacional;

· avaliar a aplicação da tecnologia EST no Brasil, numa parceria de maior alcance, envolvendo iniciativas na área de refino e transporte e, também, exploração e produção;

· identificar as áreas e o escopo de estudos técnicos e de viabilidade a serem desenvolvidos em uma possível parceria, e negociar acordos relevantes visando a implementação de projetos no Brasil e em outros países.

Será criado um grupo de trabalho com técnicos de ambas as empresas para supervisionar os estudos e identificar projetos a serem desenvolvidos em parceria. Os projetos selecionados serão submetidos posteriormente à aprovação das corporações.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar