acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Reconhecimento

Petrobras é a maior exportadora do estado do Rio em 2013

23/07/2014 | 11h36
Petrobras é a maior exportadora do estado do Rio em 2013
Agência Petrobras Agência Petrobras

 

O Porto do Recife aumentou o faturamento em 50% no primeiro semestre deste ano. O resultado foi superior a meta estabelecida pela diretoria no início do ano, que era de um incremento de 40% no período. Em janeiro do ano passado, o ancoradouro recifense trabalhava com o déficit de cerca de R$ 10 milhões. No mesmo período deste ano, o montante caiu para R$ 5 milhões.
"A cada mês nos aproximamos mais do objetivo principal que é voltar a ser uma empresa superavitária. O resultado só é possível porque mudamos as carcaterísticas dos negócios realizados pela empresa. Começamos, por exemplo, a atrair cargas de projeto, clientes em arrendamento de áreas e armazenamento de produtos", afirmou o presidente do Porto do Recife, Schebna Machado.
Entre os novos negócios conquistados está o Depósito Alfandegado Certificado (DAC) e de dois Entrepostos Aduaneiro. O DAC abrange uma área de 500 metros quadrados do pátio de estocagem. Além disso, o Armazém 5 (com 7.500 metros quadrados) e o pátio 5 (com 18.500 metros quadrados) viraram um entroposto. As áreas atendem ao projeto GE/Navalmare permitindo que a carga operada saia do Porto do Recife evirtualmente.
"Desde o final do ano passado, as empresas estão montando, com peças importadas via Porto do Recife os chamados skids, que são peças utilizadas pela Petrobras. Com a conquista do DAC, depois de montados os skids são exportados virtualmente para a Holanda e importados novamente para o Brasil, através do ancoradouro", explicou Machado. A operação gerou, de imediato, um aumento de R$ 176 milhões na arrecadação.

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) concedeu à Petrobras, na terça-feira (22), o Prêmio Rio Export, na categoria Hors Concours das Exportações, por ter sido a principal empresa exportadora do estado do Rio, em 2013. O gerente executivo de Marketing e Comercialização do Abastecimento da Petrobras, Abilio Ramos, recebeu o prêmio em nome da companhia, durante a realização do seminário ‘Mercosul: Cenário Atual e Futuro do Bloco’, na sede da Firjan, no Centro do Rio.

A Petrobras é contemplada com a premiação de forma consecutiva desde 2003, totalizando 12 edições. A partir de 2008, por conta do seu destaque no comércio exterior fluminense, o Centro Internacional de Negócios da Firjan criou a categoria Hors Concours das Exportações.

O Prêmio Rio Export está em sua 17ª edição e tem como objetivo valorizar e estimular o desempenho das indústrias do Rio de Janeiro em suas relações com o mercado externo. O prêmio avaliou o desempenho das indústrias em 2013 a partir de dados da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Secex/MDIC).

O seminário contou com a participação do vice-presidente da Firjan, Carlos Mariani Bittencourt; do diretor do Departamento de Negociações Internacionais da Secex, Márcio Luiz de Lima; da diretora do Centro de Estudos de Integração Internacional (Cindes), Sandra Rios; do diretor do Centro Internacional de Negócios, Amaury Temporal, do MDIC; de Lucia Maduro, membro do Conselho Empresarial de Relações Internacionais e consultora da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e de Jean-Marc Lucenet, diretor financeiro da Peugeot-Citroën do Brasil.

 

*Na foto: o Gerente executivo de Marketing e Comercialização do Abastecimento, Abílio Ramos; e o vice-presidente da Firjan, Carlos Mariani Bittencourt, no no 17º Prêmio Rio Export, na sede da Firjan, no Rio de Janeiro.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar