acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Nona Rodada

Petrobras diz ter ficado com as melhores áreas da Bacia de Santos

29/11/2007 | 00h00
De acordo com o informe, a companhia foi bem sucedida na estratégia de completar seu portfólio de exploração em novas fronteiras. Arrematou os quatro blocos em que apostou na bacia Pará-Maranhão, numa área que já havia produzido óleo leve de excelente qualidade. Além disso, adquiriu os três blocos em águas profundas na Bacia de Pernambuco - onde vislumbra-se maior possibilidade de geração de petróleo.

Ao todo, Petrobras e parceiros investiram R$ 309 milhões nesta rodada - R$ 195 milhões de recursos próprios e R$ 114 milhões de parceiros. Para isso, a companhia formou parcerias importantes, como, por exemplo, com a Companhia Vale do Rio Doce, com quem trabalhará em nove dos 27 blocos adquiridos.

A associação com a Vale, uma das maiores empresas do Brasil, foi bem sucedida ao adquirir blocos tanto em áreas de alto potencial na Bacia de Santos, próximas aos campos de gás de Merluza e Lagosta, quanto em áreas de novas fronteiras das bacias Pará-Maranhão e Parnaíba.

A Petrobras foi a única grande companhia a participar ativamente da disputa em várias bacias, na Nona Rodada, mantendo seu compromisso de continuar investindo fortemente em exploração no Brasil.


Fonte: Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar