acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Desempenho

Petrobras deve anunciar lucro recorde

13/02/2007 | 00h00

A Petrobras deverá anunciar hoje o maior lucro de sua história, impulsionado principalmente pela alta do petróleo em 2006 no mercado internacional e pelo aumento de produção da empresa, cuja média fechou em 1,777 milhão de barris de óleo/dia nos campos nacionais.

Departamentos de análise de bancos estimam que o lucro fique em até R$ 28,3 bilhões é o caso do Banco Brascan , o que representaria acréscimo de 19,4% sobre os R$ 23,7 bilhões verificados no ano anterior. O Crédit Suisse aposta em R$ 27,1 bilhões e a corretora Ágora, em 26,9 bilhões.

O resultado, avaliam especialistas, fica pouco abaixo das projeções iniciais traçadas para este ano, pelo atraso na entrada em operação de algumas plataformas e no aumento da produção dos empreendimentos que iniciaram operação, como foi o caso da P-50.

Além disso, os maiores custos da indústria petrolífera terá impacto sobre os resultados, afirma Luiz Otavio Broad Acatauassú Nunes, analista da Ágora Corretora, que projeta um lucro de R$ 26,9 bilhões no ano para a estatal, e de R$ 6,2 bilhões no quarto trimestre.

Problemas com a entrada em operação das plataformas já haviam sido citados pela diretoria da Petrobras, como no caso das plataformas P-50, P-34 e FPSO Capixaba. A P-50, por exemplo, que entrou em produção em abril, demorou mais tempo que o esperado para atingir seu pico de produção.

Assim como outras empresas do setor de petróleo, a Petrobras terá seu lucro impulsionado pela alta do barril do óleo, cuja cotação subiu 19% em 2006. Esse fator será, ao mesmo tempo, um dos principais responsáveis pela redução do lucro da estatal no quarto trimestre, porque neste período a cotação do petróleo diminuiu. O mercado estima que os ganhos da companhia no período de outubro a dezembro do ano passado fique abaixo do verificado no trimestre anterior, que foi de R$ 7,085 bilhões.

"O lucro da Petrobras no quarto trimestre deve ficar entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões. Isso será muito em função do preço do petróleo. Ao mesmo tempo, a área de Abastecimento apresentará uma lucratividadre maior, já que os preços de derivados no Brasil estão mais altos em relação ao mercado internacional", afirmou o diretor do Centro Brasileiro de Infra-Estrutura (CBIE), Adriano Pires.

"Como em 2006, o preço praticado pela Petrobras estava defasado em relação ao mercado americano, a empresa pode estar compensando esse tempo em que segurou os preços", acrescenta Pires.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar