acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Exploração e Produção

Petrobras descobre nova acumulação no pós-sal do Espírito Santo

12/07/2012 | 10h11
Petrobras descobre nova acumulação no pós-sal do Espírito Santo
Banco de Imagens: Agência Petrobras Banco de Imagens: Agência Petrobras

 

A Petrobras comunicou na quarta-feira (11) a descoberta de uma nova acumulação de petróleo pesado (15°API) no pós-sal da Bacia do Espírito Santo, na concessão BM-ES-24 (Bloco ES-M-661), localizada a 58 km da cidade de Vitória.
A descoberta ocorreu durante perfuração do poço informalmente denominado Grana Padano, a 64 km do Campo de Golfinho, em profundidade de água de 1208 metros. As confirmações se deram a partir da resposta do detector de gás e da perfilagem realizada em reservatórios localizados em profundidade de 2008 metros. A estatal é a operadora do consórcio para a exploração da concessão (70%) em parceria com empresa IBV Brasil (30%).
Segundo o comunicado, consórcio pretende submeter à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) uma proposta de Plano de Avaliação com a finalidade de delimitar a acumulação descoberta, bem como estimar volumes e produtividade.

A Petrobras comunicou na quarta-feira (11) a descoberta de uma nova acumulação de petróleo pesado (15°API) no pós-sal da Bacia do Espírito Santo, na concessão BM-ES-24 (Bloco ES-M-661), localizada a 58 km da cidade de Vitória.


A descoberta ocorreu durante perfuração do poço informalmente denominado Grana Padano, a 64 km do Campo de Golfinho, em profundidade de água de 1208 metros. As confirmações se deram a partir da resposta do detector de gás e da perfilagem realizada em reservatórios localizados em profundidade de 2008 metros. A estatal é a operadora do consórcio para a exploração da concessão (70%) em parceria com empresa IBV Brasil (30%).


Segundo o comunicado, consórcio pretende submeter à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) uma proposta de Plano de Avaliação com a finalidade de delimitar a acumulação descoberta, bem como estimar volumes e produtividade.

 



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar