acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Petrobras contratará mais 8 mil funcionários até 2013

07/04/2010 | 10h07

Boa notícia para quem está procurando emprego. A Petrobras vai contratar 8,5 mil funcionários, até 2013, para suprir a demanda de mão de obra na construção e na ampliação de refinarias e para os projetos relacionados ao pré-sal. Entre os profissionais mais requisitados, serão selecionados engenheiros, geólogos, geofísicos e técnicos de nível médio de diversas áreas. Eles serão escolhidos via concurso público. Não há um cronograma definido para o preenchimento das vagas, mas os custos com o aumento de pessoal já constam no orçamento da companhia em 2010.

 


Segundo a empresa, os mais de 8 mil postos serão abertos conforme as necessidades de pessoal ao longo dos próximos quatro anos. Um dos concursos, com inscrições encerradas, já está em andamento. Nesse processo serão contratados 502 funcionários de níveis médio e superior com salários de R$ 1.647,19 a R$ 5.685,07. As provas serão em 25 de abril e 16 de maio.


Um estímulo para que novas seleções sejam abertas reside no fato de que a metade dos funcionários da Petobras tem pelo menos 20 anos de carreira e 40% deles estão em condições de requerer aposentadoria por tempo de serviço. A meta da estatal é chegar ao fim de 2013 com 64,5 mil empregados. Hoje, a estatal conta com 56 mil empregados.

Formação


A demanda por profissionais no setor petroquímico será ainda maior. Se considerada toda a cadeia do petróleo e gás, 285 mil vagas precisarão ser preenchidas até 2013 para fazer a exploração do pré-sal. Por ser uma demanda nova - o Brasil é um dos poucos países com extração em águas ultraprofundas -, não há quadros com a formação adequada. Sem tempo a perder, a Petrobras tomou a dianteira e, em 2008, capacitou 52.694 profissionais. No ano passado, 25.708 pessoas foram selecionadas para participar de cursos de formação e, até 2013, serão necessárias mais 207.643. A escolha dos trabalhadores será feita por seleção pública.

 

Fonte:Correio Braziliense/Karla Mendes
 



Fonte: Correio Braziliense
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar