acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Tecnologia

Petrobras contrata tecnologia premiada para tratar de efluentes

20/05/2004 | 00h00

A empresa norueguesa Epcon Offshore AS, que ganhou o prêmio de tecnologia da OTC (Oil Technology Conference) deste ano, fechou seu primeiro contrato fora do Mar do Norte para o fornecimento do equipamento inovador premiado. A Petrobras contratou a Epcon para fornecer e instalar a solução que é capaz de tratar cerca de 400 m³ por hora de efluentes da exploração petrolífera e custa cerca de US$ 700 mil.
"Esta água contaminada com óleo e produtos químicos é extremamente perigosa para o meio ambiente e durante o processo de exploração petrolífera, o volume de água poluída pode chegar a ser três vezes maior do que o volume de petróleo encontrado", justifica o gerente geral da Epcon, Lasse Jahnsen, que esteve em Macaé para a assinatura do contrato na última segunda-feira (17/05).
O executivo acrescenta: "esta é uma tecnologia para o meio ambiente, mas principalmente ela permite que a produção de petróleo aumente. De acordo com a explicação de Jahnsen, a produção de efluentes sem tratamento limita a extração do petróleo e, portanto, quanto mais água seja possível tratar, maior será a produção petrolífera.
Inicialmente, o equipamento será instalado em uma plataforma do campo de Garoupa em condições que, segungo Jahnsen, são muito boas para a Petrobras: "primeiro o equipamento será testado por um tempo pela companhia e só depois é que serão discutidas as condições de compra e venda". Jahnsen acrescenta ainda que aprovação da Petrobras representa a abertura de um amplo mercado para o equipamento no Brasil.
Antes de ser contratado por uma empresa brasileira, o equipamento apenas foi usado em unidades de produção no Mar do Norte, principalmente no setor pertencente ao Reino Unido. Na fase de testes, a Epcon disponibilizou projetos pilotos para Líbia, Brasil e outros países do Oriente Médio. Segundo Jahnsen, "este não é um equipamento hightech, ao contrário é muito robusto, não precisa de manutenção e também não foi criado em grandes laboratórios, mas nas próprias plataformas. Foi gente de campo que criou o equipamento", destaca.
Em relação ao sistema tradicional de tratamento de efluentes, o equipamento da Epcon, o CFU-System, é mais leve, três vezes menor e mais quase três vezes mais eficiente.
A Epcon Norge foi fundada em 1º de Janeiro de 1998 por três pessoas e hoje seus controladores são The Firing Group, EPCON International e Grenland Industriutvikling (Norsk Hydro). A Epcon Offshore é uma subsidiária da Epcon Norge e foi criada para lidar especificamente com negócios e tecnologias da indústria pretrolífera.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar