acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Logística

Petrobras construirá aeródromo para atender a Bacia de Campos

03/08/2007 | 00h00
O principal objetivo é que, com o crescimento da força de trabalho da Petrobras na região, os vôos para as unidades marítimas próximas ao município de Campos sejam feitos pelo novo aeródromo. Assim, o tempo de vôo será menor, garantindo mais segurança à força de trabalho da companhia, como também diminuição do custo das operações offshore.

A poucos quilômetros de distância do heliporto de São Tomé, a base terá capacidade para atender 750 mil passageiros por ano, podendo chegar a um milhão em uma situação de pico. De acordo com o gerente da Unidade de Serviço de Transporte e Armazenamento (US-TA) da Bacia de Campos, Ricardo Albuquerque Araújo, o projeto prevê também, no futuro, a utilização da base para pouso e decolagem de aviões de médio porte. “Não é premissa no projeto, mas prevemos esta possibilidade”, adianta ao ressaltar que a área será restrita à Petrobras, a qual não será utilizada para vôos comerciais.

Na sua avaliação, o investimento trará resultados significativos em todos os aspectos, a começar pelo tempo entre o embarque do trabalhador no aeroporto de Macaé até chegar na plataforma. Atualmente esse trajeto pode chegar a duas horas e, partindo de Campos, o tempo diminuirá pela metade.

Aeroporto de Macaé

Em relação ao aeroporto de Macaé, o gerente da US-TA, reforça que nem todas as operações serão transferidas para o novo aeródromo. “Pelo contrário, a Petrobras, em um convênio com a Infraero, irá construir um saguão de embarque exclusivo para força de trabalho da companhia em Macaé”, adianta.

Segundo Albuquerque, o espaço vai garantir a operacionalidade daqueles que utilizam a base para outros fins, como empresários que chegam à Macaé, turistas, investidores, entre outros. Atualmente, o número de passageiros que utiliza o aeroporto de Macaé com destino às plataformas petrolíferas varia entre 32 a 35 mil passageiros por mês.

Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar