acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Combustíveis

Petrobras confirma redução de oferta de diesel S-50 no Rio

25/09/2012 | 10h46

 

A Petrobras confirmou que houve uma interrupção de entregas de diesel S-50 no estado do Rio de Janeiro. O motivo, segundo a estatal, foi “uma parada da unidade de hidrotratamento” da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), região metropolitana do Rio. A companhia não informou por quanto tempo ocorreu essa paralisação. As entregas do combustível foram “normalizadas” desde o dia 19 de setembro, segundo nota da empresa.
A Petrobras informou ainda que ofertou volume do combustível equivalente para a retirada em outros polos de venda da região Sudeste. A ação está prevista nas condições contratuais com as companhias distribuidoras.
“Além disso, a Petrobras programou a chegada de um navio para reforçar os estoques na região. A partir de hoje, a companhia intensificou o ritmo de entregas de modo a permitir alguma recomposição de estoque pelas companhias distribuidoras”, afirmou a empresa em nota.
Mais cedo, o presidente do Sindicato Nacional das Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom), Alísio Vaz, afirmou que os estoques das distribuidoras estavam reduzidos devido a um problema técnico enfrentado pela Petrobras na Reduc. De acordo com Vaz, no fim da semana passada, os estoques estavam em menos de dois dias, quando o normal é estar por volta de cinco dias.

A Petrobras confirmou que houve uma interrupção de entregas de diesel S-50 no estado do Rio de Janeiro. O motivo, segundo a estatal, foi “uma parada da unidade de hidrotratamento” da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), região metropolitana do Rio. A companhia não informou por quanto tempo ocorreu essa paralisação. As entregas do combustível foram “normalizadas” desde o dia 19 de setembro, segundo nota da empresa.


A Petrobras informou ainda que ofertou volume do combustível equivalente para a retirada em outros polos de venda da região Sudeste. A ação está prevista nas condições contratuais com as companhias distribuidoras.


“Além disso, a Petrobras programou a chegada de um navio para reforçar os estoques na região. A partir de hoje, a companhia intensificou o ritmo de entregas de modo a permitir alguma recomposição de estoque pelas companhias distribuidoras”, afirmou a empresa em nota.


Mais cedo, o presidente do Sindicato Nacional das Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom), Alísio Vaz, afirmou que os estoques das distribuidoras estavam reduzidos devido a um problema técnico enfrentado pela Petrobras na Reduc. De acordo com Vaz, no fim da semana passada, os estoques estavam em menos de dois dias, quando o normal é estar por volta de cinco dias.

 



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar