acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo e Gás

Petrobras confirma investimentos em Santos

01/08/2013 | 15h05
Petrobras confirma investimentos em Santos
Divulgação. Agência Petrobras/ Prefeitura de Santos Divulgação. Agência Petrobras/ Prefeitura de Santos

 

A Petrobras vai abrir licitação até o final do ano para contratar serviços de dois berços do porto que servirão de base de apoio ao abastecimento das plataformas da Bacia de Santos. A empresa também vai assinar termo de cooperação com a Prefeitura de Santos para a instalação do Cenpeg-BS (Centro de Pesquisa Tecnológica em Petróleo e Gás da Baixada Santista).
As duas notícias são resultado do encontro que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o prefeito Paulo Alexandre Barbosa tiveram hoje (31) com a presidente da estatal Maria das Graças Silva Foster, no Rio de Janeiro.
Os resultados foram “muito positivos”, na opinião do prefeito, porque “vão consolidar a cadeia produtiva de petróleo e gás na cidade, contribuindo para a geração de empregos e o desenvolvimento”. Em relação à base offshore, o prefeito disse que empresa vai contratar os berços até o final deste ano e colocá-los em operação no início de 2014. 
A base offshore é responsável pela infraestrutura portuária necessária à implantação de projetos de atividades relacionadas à indústria do petróleo e gás. As plataformas da Bacia de Santos são abastecidas, em grande parte, por bases do Rio de Janeiro, com insumos e equipamentos de manutenção. Hoje, apenas o aeroporto de Itanhaém é utilizado como ponto de apoio na região para as plataformas de alto mar.
R$ 77 milhões
A presidente da Petrobras também confirmou que virá a Santos para assinar termo de cooperação técnica com a prefeitura para criar o Cenpeg-BS, em parte do terreno do antigo Colégio Santista, em parceria com o Parque Tecnológico de Santos. Segundo o prefeito Paulo Alexandre, a empresa vai investir R$ 77 milhões na construção e aquisição de equipamentos. 
O projeto executivo da unidade será concluído até dezembro e as obras devem iniciar no primeiro trimestre de 2014. As universidade públicas paulistas (USP, Unesp e Unicamp) vão participar da parceria colaborando na gestão do centro de pesquisa. 

A Petrobras vai abrir licitação até o final do ano para contratar serviços de dois berços do porto que servirão de base de apoio ao abastecimento das plataformas da Bacia de Santos. A empresa também vai assinar termo de cooperação com a Prefeitura de Santos para a instalação do Cenpeg-BS (Centro de Pesquisa Tecnológica em Petróleo e Gás da Baixada Santista).


As duas notícias são resultado do encontro que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o prefeito Paulo Alexandre Barbosa tiveram ontem (31) com a presidente da estatal Maria das Graças Silva Foster, no Rio de Janeiro.


Os resultados foram “muito positivos”, na opinião do prefeito, porque “vão consolidar a cadeia produtiva de petróleo e gás na cidade, contribuindo para a geração de empregos e o desenvolvimento”. Em relação à base offshore, o prefeito disse que empresa vai contratar os berços até o final deste ano e colocá-los em operação no início de 2014. 


A base offshore é responsável pela infraestrutura portuária necessária à implantação de projetos de atividades relacionadas à indústria do petróleo e gás. As plataformas da Bacia de Santos são abastecidas, em grande parte, por bases do Rio de Janeiro, com insumos e equipamentos de manutenção. Hoje, apenas o aeroporto de Itanhaém é utilizado como ponto de apoio na região para as plataformas de alto mar.


R$ 77 milhõesA presidente da Petrobras também confirmou que virá a Santos para assinar termo de cooperação técnica com a prefeitura para criar o Cenpeg-BS, em parte do terreno do antigo Colégio Santista, em parceria com o Parque Tecnológico de Santos. Segundo o prefeito Paulo Alexandre, a empresa vai investir R$ 77 milhões na construção e aquisição de equipamentos. 


O projeto executivo da unidade será concluído até dezembro e as obras devem iniciar no primeiro trimestre de 2014. As universidade públicas paulistas (USP, Unesp e Unicamp) vão participar da parceria colaborando na gestão do centro de pesquisa.

 

Na foto: o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa; a presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster; e o diretor de Exploração e Produção da estatal, José Formigli.



Fonte: Redação/ Prefeitura de Santos
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar