acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
2009/2013

Petrobras confirma adiamento da divulgação do Plano de Negócios

19/11/2008 | 10h48

Em comunicado distribuído ontem para seus parceiros e investidores, a Petrobras confirmou ter adiado a divulgação do Plano de Negócios para o fim do ano, em função da necessidade de concluir as análises dos projetos, frente às novas condições conjunturais.

 

O comunicado esclarece que, diante deste adiamento, as metas e investimentos atuais da companhia são os estabelecidos no Plano de Negócios divulgado em agosto de 2007 para o período de 2008 a 2012. O nolvo Plano de Negócios ainda está em elaboração e, por isso, a estatal não dispõe no momento de informações suficientes para afirmar sobre a postergação ou antecipação de projetos e, conseqüentemente, sobre os seus possíveis impactos na curva de produção estimada para os próximos anos.

 

"A estratégia da Companhia", segue a nota, "de antecipar a produção de petróleo leve e gás natural já vem ocorrendo desde 2003, após realizadas várias novas descobertas de óleo leve e gás natural fora da Bacia de Campos, amplamente divulgadas pela empresa. Essa estratégia tem o objetivo de rentabilizar melhor a carteira de projetos, devido a melhor qualidade e preço do óleo de leve, além de aumentar a oferta de gás natural para atender ao Plano de Antecipação da Produção de Gás Natural (Plangas)".

 

"Em relação às unidades de perfuração, em maio de 2008 a Petrobras anunciou a intenção de contratar 40 navios-sonda e plataformas de perfuração semi-submersíveis para operar em águas profundas e ultra-profundas. As 12 primeiras unidades contratadas devem entrar em operação até 2012. Ainda não há data definida para a licitação das 28 unidades adicionais, que deverão ser construídas no Brasil. Porém, isso não atrasará a entrada em operação dessas unidades, que está programada para ocorrer somente entre 2013 e 2017", encerra o comunicado.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar