acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pré-Sal

Petrobras conclui perfuração de poço da cessão onerosa

03/08/2012 | 10h25
Petrobras conclui perfuração de poço da cessão onerosa
Mapa da Bacia de Santos. Agência Petrobras Mapa da Bacia de Santos. Agência Petrobras

 

Petrobras comunicou nesta sexta-feira (3) que concluiu a perfuração do terceiro poço na cessão onerosa. Denominado 1-BRSA-1045-SPS (1-SPS-96), o poço está localizado na área denominada Sul de Guará, no pré-sal da Bacia de Santos. A descoberta já foi preliminarmente anunciada em 11 de junho de 2012, quando o poço ainda estava sendo perfurado.
O poço descobridor está localizado ao sul do campo de Sapinhoá, em profundidade de 2.202 metros, a uma distância de 320 km do litoral do Estado de São Paulo. Foi atingida a profundidade final de 5.760 metros em horizonte estratigráfico estabelecido no programa exploratório da cessão onerosa.
Análises do óleo recuperado em reservatórios carbonáticos localizados abaixo da camada de sal comprovam um óleo de boa qualidade com cerca de 27º API. Foi identificada uma coluna de petróleo leve de cerca de 93 metros, com boas qualidades permoporosas (porosidade e permeabilidade) do reservatório. O contato óleo/água constatado no poço atesta que esta acumulação está separada do campo de Sapinhoá.
A perfuração deste poço faz parte do Programa Exploratório Obrigatório (PEO). A Petrobras está avaliando os resultados obtidos e deverá concluir esta etapa até setembro de 2014.

Petrobras comunicou nesta sexta-feira (3) que concluiu a perfuração do terceiro poço na cessão onerosa. Denominado 1-BRSA-1045-SPS (1-SPS-96), o poço está localizado na área denominada Sul de Guará, no pré-sal da Bacia de Santos. A descoberta já foi preliminarmente anunciada em 11 de junho de 2012, quando o poço ainda estava sendo perfurado.


O poço descobridor está localizado ao sul do campo de Sapinhoá, em profundidade de 2.202 metros, a uma distância de 320 km do litoral do Estado de São Paulo. Foi atingida a profundidade final de 5.760 metros em horizonte estratigráfico estabelecido no programa exploratório da cessão onerosa.


Análises do óleo recuperado em reservatórios carbonáticos localizados abaixo da camada de sal comprovam um óleo de boa qualidade com cerca de 27º API. Foi identificada uma coluna de petróleo leve de cerca de 93 metros, com boas qualidades permoporosas (porosidade e permeabilidade) do reservatório. O contato óleo/água constatado no poço atesta que esta acumulação está separada do campo de Sapinhoá.


A perfuração deste poço faz parte do Programa Exploratório Obrigatório (PEO). A Petrobras está avaliando os resultados obtidos e deverá concluir esta etapa até setembro de 2014.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar