acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Carioca

Petrobras comprova petróleo no pré-sal da Bacia de Santos

08/08/2013 | 09h20
Petrobras comprova petróleo no pré-sal da Bacia de Santos
Mapa Iguaçu Mirim. Divulgação/ Petrobras Mapa Iguaçu Mirim. Divulgação/ Petrobras

 

A Petrobras comunicou na noite de ontem (7) que comprovou a ocorrência de petróleo no poço 3-SPS-101 (3-BRSA-1179-SPS), localizado na área do Plano de Avaliação da Descoberta de Carioca, no bloco BM-S-9, no pré-sal da bacia de Santos. O poço, informalmente denominado de Iguaçu Mirim, está localizado a 303 km do litoral do estado de São Paulo, 34 km a sul do poço descobridor (1-SPS-50 - Carioca) e a 9 km a sul do poço Iguaçu (4-BRSA-709-SPS), em profundidade de água de 2.158m.
Esta nova descoberta foi comprovada com amostragens de óleo de cerca de 20 graus API, por teste a cabo, em reservatórios carbonáticos do pré-sal a partir de 4.850 metros de profundidade.
O Consórcio BM-S-9 é operado pela Petrobras (45%) em parceria com a BG E&P Brasil (30%) e Repsol Sinopec Brasil (25%). O prazo para a Declaração de Comercialidade é 31 de dezembro de 2013.

A Petrobras comunicou na noite de ontem (7) que comprovou a ocorrência de petróleo no poço 3-SPS-101 (3-BRSA-1179-SPS), localizado na área do Plano de Avaliação da Descoberta de Carioca, no bloco BM-S-9, no pré-sal da bacia de Santos. O poço, informalmente denominado de Iguaçu Mirim, está localizado a 303 km do litoral do estado de São Paulo, 34 km a sul do poço descobridor (1-SPS-50 - Carioca) e a 9 km a sul do poço Iguaçu (4-BRSA-709-SPS), em profundidade de água de 2.158m.


De acordo com a estatal, a nova descoberta foi comprovada com amostragens de óleo de cerca de 20 graus API, por teste a cabo, em reservatórios carbonáticos do pré-sal a partir de 4.850 metros de profundidade.


O Consórcio BM-S-9 é operado pela Petrobras (45%) em parceria com a BG E&P Brasil (30%) e Repsol Sinopec Brasil (25%). O prazo para a Declaração de Comercialidade é 31 de dezembro de 2013.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar