acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Petrobras bate recordes na entrega de gás ao mercado

16/11/2012 | 15h46

A Petrobras bateu mais uma vez seus recordes anteriores de entrega de gás natural nacional ao mercado. O volume de gás ofertado, em outubro, chegou a 45,1 milhões de metros cúbicos por dia. No dia 11 desse mesmo mês, a Companhia alcançou ainda novo recorde histórico, com vazão de 49,6 milhões m³. A entrega média de gás este ano, até outubro, foi de 42,2 milhões m³/d, correspondendo a um aumento de 14% em relação à média de 2011, que foi de 37 milhões m³/d.

 

O crescimento expressivo da oferta de gás nacional observado nos últimos anos é fruto de uma série de investimentos no desenvolvimento de projetos de produção de gás natural do Plangás – Plano de Antecipação da Produção de Gás. Desde 2008, vários novos campos começaram a produzir, no âmbito do Plangás, com destaque para os campos de gás não associado de Canapu e Camarupim, no Espírito Santo, e de Mexilhão, Uruguá e Tambaú, na Bacia de Santos. O início das operações da Unidade de Tratamento de Gás de Caraguatatuba e do Gasoduto Caraguatatuba-Taubaté, no Estado de São Paulo, também contribuiu para esse resultado.

 

Além do Plangás, outros três fatores foram importantes para os recordes observados:

 

- o incremento da entrega de gás para geração termoelétrica na Região Norte;

- a elevação da produção do campo de Lula, produzindo gás associado de reservatórios do pré-sal na Bacia de Santos;

- o êxito do Programa de Otimização do Aproveitamento de Gás Natural (POAG 2015), que tem permitido melhorar o desempenho das Unidades Operacionais das regiões Sul e Sudeste.

 

O POAG 2015, criado em 2009 e implantado a partir de 2010, com o objetivo de elevar o aproveitamento de gás da área de Exploração e Produção, permitiu que a Companhia atingisse um aproveitamento de 91,5% do gás associado ao petróleo, até outubro de 2012. O valor é superior ao recorde anual de aproveitamento de gás de 2011, que foi de 89,2%.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar