acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
E&P

Petrobras aumenta reservas em 2005

17/01/2006 | 00h00

As reservas provadas de óleo, condensado e gás natural da Petrobras em 2005 superaram em 0,13% as reservas do ano anterior. O volume de reservas, segundo o critério SPE, foi de 14,913 bilhões de boe em 2005, contra 14,895 bilhões de boe em 2004. O índice de reposição de reserva foi de 102,3% e a relação entre reserva e produção (R/P) ficou em 19,6 anos.

Segundo o critério SEC, no qual só podem ser considerardas reservas provadas de gás as que já têm contratos comerciais vigentes, a reserva provada da petrobras em dezembro de 2005 ficou em 11,775 bilhões de boe. Pela SEC, o Índice de Reposição de Reservas ficou em 94,13% e a relação R/P ficou em 15,4 anos.

Pelo critério da SEC, não é considerado parte do gás boliviano, que está descoberto, mas não comercializado. O critério também permite que apenas uma pequena parcela do gás descoberto na Nigéria seja considerado como reserva, em função do estágio do desenvolvimento dos campos.

As reservas da Petrobras apenas considerando os campos no Brasil são de 13,232 bilhões de boe, com uma taxa de reposição de 131,1% e uma R/P de 19,7 anos. Para a SEC, as reservas são de 10,578 bilhões de boe, com uma taxa de reposição de 101,3% e uma relação R/P de 15,7 anos.

No exterior, as reservas provadas da Petrobras pelo SPE atingiram 1,681 bilhão de boe. As reservas no exterior foram reduzidas em relação ao ano anterior. Em dezembro de 2004, a Petrobras acumulou 1,872 bilhões de reservas provadas. A relação R/P na área internacional é de 17,8 anos. De acordo com o critério SEC, as reservas provadas da Petrobras no exterior ficaram em 1,197 bilhões de boe, com um índice de reposição de 42,5% e a relação R/P de 12,7 anos.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar