acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Leilão

Petrobras arremata 26 blocos no Golfo do México Americano

05/10/2007 | 00h00
Este valor foi oferecido pelos blocos localizados na região central e leste do Golfo do México, num dos mais competitivos leilões já experimentados na região.Compareceram ao certame 73 companhias de óleo e gás, que concorreram por blocos, sobretudo os localizados em águas profundas e ultraprofundas.

Dos 26 blocos, a Petrobras assegurou 100% de participação em 20 blocos e a condição de operadora. Os demais 6 blocos foram arrematados em parceria com a empresa americana Devon Energy, dos quais 2 serão também operados pela Petrobras e quatro pela sócias. As participações serão compartilhadas com 50% para cada uma.

De acordo com as regras do leilão, o MMS ainda precisa confirmar as propostas vencedoras. Confirmados esses blocos, eles serão incorporados à carteira de projetos exploratórios da Companhia, totalizando 338 blocos, dos quais 200 operados pela Petrobras.

A exemplo do leilão realizado em agosto de 2007, quando arrematou 34 blocos, a Petrobras buscou consolidar a sua posição nas áreas que são o foco de suas atividades no Golfo do México, com destaque para as águas profundas e ultraprofundas nos quadrantes Walker Ridge, Mississipi Canyon, Green Canyon, Garden Banks, Keathley Canyon e Lloyd Ridge, permitindo a ampliação do seu quadro de prospectos exploratórios de qualidade.

A participação no Lease Sale 205 está alinhada ao Plano Estratégico da Petrobras, que prevê forte crescimento internacional com investimentos em áreas prioritárias, entre elas o setor americano do Golfo do México. Com esse resultado, a Petrobras - acompanhando o modelo da indústria de óleo e gás - demonstra, mais uma vez, que está disposta a competir e investir em todos os ambientes que sejam simultaneamente promissores ao uso das suas tecnologias e dos seus conhecimentos, e ainda que ofereçam segurança e atratividade para investimentos. Assim, reforça sua posição como uma das líderes na exploração em águas profundas e ultraprofundas no Golfo do México, onde está associada a outras empresas petrolíferas.

A Petrobras tem participações em três das mais importantes descobertas nos reservatórios do Terciário Inferior na região, nos campos de Cascade, Chinook e Saint Malo, localizados no Quadrante Walker Ridge. Os campos de Cascade e Chinook são operados pela Petrobras, que será a empresa pioneira, tanto na produçãol desse reservatório em águas ultraprofundas, como na utilização de uma plataforma do tipo FPSO (Floating Production, Storage and Offloading), cujo início da produção é estimado para 2010. Os principais contratos, necessários à implantação dos projetos de desenvolvimento da produção desses campos, serão assinados ainda em 2007.

Fonte: Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar