acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Greve

Petrobras apresenta propostas para acordo coletivo

08/11/2011 | 10h09
A Petrobras informou ontem (7) que apresentou às entidades sindicais propostas de cláusulas econômicas e sociais para o Acordo Coletivo de Trabalho 2011. Além de reajuste de 9%, a empresa propõe avanços em diversos itens relacionados ao plano de saúde e previdência dos empregados, condições de saúde e segurança, entre outros benefícios.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) anunciou greve por tempo indeterminado desde 16 de outubro, reivindicando aumento de 10% nos salários e uma série de avanços em questões sociais.

Em nota, a estatal reafirmou que as questões de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS) são fundamentais para a companhia e esta entende a importância dos representantes dos empregados nas discussões. "A segurança de seus trabalhadores e suas instalações é uma preocupação diária da empresa, que investe fortemente na prevenção e está preparada para atuar em casos de acidentes. A companhia executa robusta política de segurança operacional e de elevado rigor técnico nos aspectos relacionados a equipamentos e à capacitação de pessoal. A política de segurança, aplicada a todos os segmentos e cenários de atuação, faz parte da cultura da empresa".

A Petrobras também informou que o movimento, que envolve funcionários de empresas terceirizadas, que trabalham nas obras do Comperj, começou hoje (8). Não há impacto para o andamento das obras. De um total de 14 mil funcionários, cerca de 5 mil trabalhadores, pertencentes a quatro consórcios (TEAG, QGGI, SPE e Alusa), aderiram ao protesto.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar