acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Petrobras apresenta Programa Progredir durante a Santos Offshore

20/10/2011 | 09h41
A Petrobras marcou presença em duas palestras realizadas ontem (19) no Seminário realizado em paralelo à 5ª edição da Santos Offshore Oil & Gás Expo, em Santos (SP), maior feira de petróleo e gás do Estado de São Paulo e terceira mais importante do país.
 
Na última apresentação do dia, a gerente de Acompanhamento Financeiro da Petrobras, Adriana Fernandes de Brito, mostrou detalhes do Progredir, programa que viabiliza, de forma ágil e padronizada, a oferta de crédito em volume e condições competitivas para toda a cadeia de fornecedores da Petrobras. Em média, a redução do custo de captação dos fornecedores é de 20%, podendo chegar a 40% em alguns casos. As operações são realizadas pela internet, no portal do programa, de forma rápida e segura. A oferta de crédito não envolve recursos da Petrobras.

“O grande beneficio do programa, além de custo mais baixo, é a agilidade na tomada de financiamento. Agora, os fornecedores não precisam mais procurar os bancos e sim o inverso, os bancos procuram os fornecedores após o cadastramento dos contratos no portal”, afirmou Adriana.

As empresas da cadeia de petróleo e gás do Estado de São Paulo firmaram, de junho deste ano até o momento, 38 contratos de financiamento, envolvendo recursos da ordem de R$ 72 milhões, com os bancos de varejo que integram o Programa Progredir (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, HSBC e Santander). Em nível nacional, o Programa registra 127 operações de financiamento, com volume superior a R$ 630 milhões.

O programa está baseado na criação de um ambiente favorável para a concessão de crédito, lastreado nos recebíveis ainda não performados (serviços ou equipamentos a serem prestados ou entregues) em cada um dos contratos firmados entre os participantes da cadeia. Assim, qualquer fornecedor que participe dessa cadeia está apto a integrar o Progredir e poderá antecipar uma parcela dos seus recebíveis por meio dos bancos integrantes do programa.

Para aprimorar as condições financeiras e de risco, a Petrobras tornou-se o elemento âncora do Programa Progredir sem que, para isso, precisasse realizar desembolso de recursos. Na prática, a utilização dos recebíveis gerados pela Petrobras amplia para toda a cadeia de fornecimento o suporte e a garantia à concessão de crédito não performado, promovendo o acesso aos recursos com agilidade e a custos competitivos.

Mais cedo, durante o painel “Gás Natural no Brasil”, o consultor da Petrobras, João Luiz Ponce Maia, destacou a importância do uso eficiente do gás natural.

“O consumo interno de gás teve crescimento de 105 % no período entre 2000 e 2010, acima do crescimento da produção nacional. Por isso, há necessidade da busca da eficiência, do gerenciamento da energia e da sua conservação nos seus diversos usos, maximizando a eficiência operacional, melhorando a qualidade dos produtos e reduzindo as emissões”.

João destacou também que é preciso assegurar que a eficiência produtiva prevista na fase projeto ocorra na fase operacional ao longo de 20 anos, para garantir os resultados do negócio. “Para isso, é necessário gerenciar os processos de produção, monitorando-os por meio de indicadores de desempenho e assegurando a excelência do processo produtivo”.
 
Nesta sexta-feira (21), a Petrobras encerra a sua participação no Seminário da Santos Offshore com presença em outros dois painéis: “Como o mercado de trabalho offshore será suprido” e “Os desafios da RPBC como refinaria para suprir o mercado interno brasileiro, inovações tecnológicas no setor”.


Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar