acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Descoberta

Petrobras anuncia novas descobertas de óleo e gás no ES e SE

12/09/2014 | 09h55

 

A Petrobras anunciou novas descobertas de petróleo e gás natural nas Bacias de Sergipe-Alagoas e no Espírito Santo. A petroleira informou à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a existência de óleo no bloco terrestre ES-T-486, arrematado pela companhia no ano passado, na 11ª Rodada de Licitações, e de gás no bloco BM-SEAL-4, na Bacia de Sergipe.
No Espírito Santo, a descoberta foi anunciada após a perfuração do poço 1BRSA1260ES. A concessão ES-T-486 abriga o campo produtor de Cancã. A estatal detém 100% do bloco.
Já em Sergipe, os indícios de gás foram descobertos a partir da perfuração do poço de extensão 3BRSA1251SES, iniciada em julho pela sonda Ocean Courage, em lâmina d’água de 2.196 metros.
A Petrobras é operadora do BM-SEAL-4, com 75% de participação, em sociedade com a indiana ONGC (25%). A concessão foi arrematada na 2ª Rodada de Licitações da ANP, em 2000. A petroleira já havia descoberto indícios de petróleo e gás no bloco no ano passado.

A Petrobras anunciou novas descobertas de petróleo e gás natural nas Bacias de Sergipe-Alagoas e no Espírito Santo.

A petroleira informou à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a existência de óleo no bloco terrestre ES-T-486, arrematado pela companhia no ano passado, na 11ª Rodada de Licitações, e de gás no bloco BM-SEAL-4, na Bacia de Sergipe.

No Espírito Santo, a descoberta foi anunciada após a perfuração do poço 1BRSA1260ES.

A concessão ES-T-486 abriga o campo produtor de Cancã.

A estatal detém 100% do bloco.

Já em Sergipe, os indícios de gás foram descobertos a partir da perfuração do poço de extensão 3BRSA1251SES, iniciada em julho pela sonda Ocean Courage, em lâmina d’água de 2.196 metros.

A Petrobras é operadora do BM-SEAL-4, com 75% de participação, em sociedade com a indiana ONGC (25%).

A concessão foi arrematada na 2ª Rodada de Licitações da ANP, em 2000.

A petroleira já havia descoberto indícios de petróleo e gás no bloco no ano passado.

 



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar