acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Distribuição e Logística

Petrobras anuncia a compra da Esso Chile Petrolera

08/08/2008 | 11h10

A Petrobras anunciou ter assinado ontem (07/08) um acordo para a compra da participação da ExxonMobil na Esso Chile Petrolera e em outras empresas chilenas associadas. O diretor da Área Internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, concederá entrevista coletiva hoje, 8 de agosto, às 11h30, na sede da estatal, no Rio de Janeiro. O acordo abrange o negócio de combustíveis nos mercados de varejo, industrial e de aviação, e  230 postos de serviços.

 

Dos postos, 109 são próprios e cerca de metade têm lojas de conveniência. O negócio inclui ainda distribuição e venda de combustíveis em 11 aeroportos; seis terminais de distribuição de combustíveis, sendo quatro próprios e dois em joint venture, e participação acionária de 22% na Sociedad Nacional de Oleoductos e de 33,3% na Sociedad de Inversiones de Aviación.

 

Em 2007 o volume de vendas dos ativos foi de aproximadamente 74, 40 e 20 mil m³/mês nos segmentos varejo, industrial e aviação, respectivamente, com participação nos mercados de varejo e industrial (Market share) de 16%, 14%. Segundo a Petrobras, a transferência do controle deverá ocorrer no segundo trimestre de 2009, juntamente com o pagamento de cerca de US$ 400 milhões. Os negócios químicos, de lubrificantes e de produtos especiais da ExxonMobil no Chile não fazem parte do acordo.

 

Com a aquisição destas empresas de distribuição e logística, a Petrobras garante serviços de alta qualidade aos consumidores, acumulando a excelência em atendimento ao cliente e as qualificações técnicas dos 1.320 empregados locais da Esso Chile.

 

O negócio reforça a imagem da Petrobras no exterior, especialmente no Chile, para onde a estatal brasileira exportou, em 2007, petróleo, GLP, gás natural, petroquímicos e lubrificantes, totalizando  cerca de US$ 1,5 bilhão. O principal fornecedor de derivados e único refinador do país é a estatal ENAP, com quem a petrolífera brasileira tem um forte relacionamento.

 

Segundo a Petrobras, a aquisiçãoo consolida a presença da companhia no segmento de distribuição de combustíveis na América Latina onde, além do Brasil, a empresa já opera na Argentina, Colômbia, Paraguai e Uruguai, através de uma rede de cerca de 1.000 postos de serviços. A Petrobras é uma empresa integrada de energia e líder mundial na exploração e produção de petróleo em águas profundas, com presença em 27 países, em quatro continentes (Américas, África, Ásia e Europa). O acordo está alinhado ao Planejamento Estratégico da Petrobras, que estabelece sua expansão em regiões como a América Latina, assegura a assessoria da estatal.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar