acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Estratégia

Petrobras amplia áreas de atividade internacional

18/05/2004 | 00h00

A Petrobras e a estatal chinesa Sinopec assinarão o acordo de cooperação e desenvolvimento de negócios no próximo dia 24 de maio. O contrato tem a dimensão global e envolve atividades de E&P, refino, comercialização, engenharia e tecnologia, tanto na China, quanto no Brasil e em outros países. No dia anterior, 23 de maio, o presidente Lula e o presidente da Petrobras, Luis Eduardo Dutra, estarão inaugurando um escritório de negócios em Beijing, formalizando assim a participação do Brasil no mercado chinês.
Além da China, o diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, estará viajando ao Irã no final de junho e início de julho para a assinatura de um contrato de E&P com a companhia de petróleo estatal iraniana, (a NIOC). O contrato será para exploração no campo de Tusan, no Golfo Pérsico. Segundo Cerveró, "as áreas negociadas com o Irã são próximas a campos onde já se encontrou petróleo e a Petrobras tem três anos para fazer descobertas na região".
A ampliação de focos de atuação da companhia no exterior é uma das metas definidas no plano estratégico Petrobras 2015. Com a Arábia Saudita, a Petrobras também desenvolve negociações de contratos de E&P e o Iraque é outro país de interesse, embora a companhia brasileira não admita a realização de negociações e ainda precise aguardar o melhor momento para incluir o país na lista atuações internacionais.    
A política da área internacional da Petrobras está centrada na ampliação do foco de atuação da companhia, na expansão das atividades na regiões onde a companhia já possui atividades de E&P, como o Golfo do México e no Costa Oeste Africana, e ainda na busca pela liderança na América Latina.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar