acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Petrobras adquire 600 workstations da Lenovo

29/07/2013 | 17h14

 

A crescente demanda por máquinas capazes de administrar grandes quantiades de dados e vídeos amplia mercados no setor de óleo e gás. Neste sentido, a Lenovo, fabricante de computadores, fechou um contrato com a Petrobras para fornecer 600 workstations. Os desktops, modelo Thinkstation S30, são próprios para suportar procedimentos pesados.
Os equipamentos terão configuração personalizada para atender às necessidades da Petrobras. O modelo será equipado com um Processador Intel Xeon, dois discos rígidos de 500 GB, drive de BluRay e 32 GB de memória, além de contar com uma placa de vídeo dedicada NVIDIA QUADRO 600 com 1GB de memória, para uma alto desempenho de processamento de vídeo.
"A Lenovo mantém seu compromisso de oferecer máquinas robustas e resistentes, que atendam as necessidades dos nossos clientes corporativos, sejam pequenas e médias empresas ou uma das maiores companhias do Brasil", afirma o diretor de vendas corporativas da Lenovo Brasil, Joarez Bertholdo. "Com nossa fábrica em Itu, teremos mais possibilidades para atender esses clientes de forma personalizada".
A princípio, as máquinas vão atender à equipe de desenvolvimento de software, mas seu uso deve ser estendido a outras áreas da empresa no próximo ano, como o Centro de Pesquisas & Desenvolvimento, responsável por pesquisas aplicadas à indústria de energia, e Exploração & Produção, responsável pela localização e desenvolvimento de reservas de petróleo e gás.

A crescente demanda por máquinas capazes de administrar grandes quantidades de dados e vídeos amplia mercados no setor de óleo e gás. Neste sentido, a Lenovo, fabricante de computadores, fechou um contrato com a Petrobras para fornecer 600 workstations. Os desktops, modelo Thinkstation S30, são próprios para suportar procedimentos pesados.


Os equipamentos terão configuração personalizada para atender às necessidades da Petrobras. O modelo será equipado com um Processador Intel Xeon, dois discos rígidos de 500 GB, drive de BluRay e 32 GB de memória, além de contar com uma placa de vídeo dedicada NVIDIA QUADRO 600 com 1GB de memória, para uma alto desempenho de processamento de vídeo.


"A Lenovo mantém seu compromisso de oferecer máquinas robustas e resistentes, que atendam as necessidades dos nossos clientes corporativos, sejam pequenas e médias empresas ou uma das maiores companhias do Brasil", afirma o diretor de vendas corporativas da Lenovo Brasil, Joarez Bertholdo. "Com nossa fábrica em Itu, teremos mais possibilidades para atender esses clientes de forma personalizada".


A princípio, as máquinas vão atender à equipe de desenvolvimento de software, mas seu uso deve ser estendido a outras áreas da empresa no próximo ano, como o Centro de Pesquisas & Desenvolvimento, responsável por pesquisas aplicadas à indústria de energia, e Exploração & Produção, responsável pela localização e desenvolvimento de reservas de petróleo e gás.



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação com Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar