acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produtos & Serviços

Petrobras adota o Frog-6 da Reflex Marine para transferência mais segura de pessoas

05/01/2015 | 15h41
Petrobras adota o Frog-6 da Reflex Marine para transferência mais segura de pessoas
Divulgação Divulgação

A Reflex Marine, empres que oferece soluções de transferência marinha segura para as indústrias offshore, naval e das energias renováveis, já forneceu dois produtos Frog para seis pessoas daa Petrobras.

Os FROGs entrarão em serviço no nordeste do Brasil no início de 2015. O pessoal da Petrobras receberá treinamento completo no uso do FROG-6 da empresa representativa de Relflex Marine no Brasil, Sparrows BSM em Macaé/RJ. Além disso fornecerá apoio operacional local incluindo o abastecimento de peças de reposição, bem como inspeção e manutenção.
    
A gerente de vendas de Reflex Marine no Brasil, Carol Richards, afirmou: “Acreditamos que esta venda é um passo significativo para a indústria offshore de petróleo e gás do Brasil. A Petrobras usará o mesmo sistema para a transferência segura de pessoal através de guindaste que outros operadores que trabalham em águas profundas e ultra-profundas em todo o mundo. Reflex Marine, junto com o nosso representante brasileiro Sparrows BSM, estamos empenhados em apoiar a Petrobras na adoção do dispositivo de transferência de pessoal mais seguro no mercado”.

O Frog-6 foi projetado para fornecer uma proteção mais ampla contra todos os principais riscos de transferência de pessoal. Os testes presenciados pela DPC confirmaram que o produto cumpria todos os requisitos legais e de segurança. Os testes incluíram:

·  Um teste de immersão para demonstrar que quando uma unidade completamente carregada está na água, as cabeças dos passageiros ficam acima da superfície; em segundo lugar, que a unidade não perde sua capacidade de flutuação durante pelo menos cinco minutos; e em terceiro lugar, se a unidade se encontra totalmente invertida, auto-alinhará.
 
·  Um teste de carga foi realizada para demonstrar que não occorreria nenhuma deformação permanente como resultado de uma sobrecarga.  
 
·  Um teste de impacto vertical consistiu de impactar uma unidade totalmente carregada no solo a uma velocidade de 4 ms-1 para demonstrar que não causaria nenhum dano aos seus passageiros e que a unidade não sofreria deformações que o impediria de ser içada durante cinco minutos após o impacto.
 
·  Um teste de impacto lateral consistiu de impactar uma unidade totalmente carregada em um objeto a uma velocidade de 2 ms-1 a fim de demonstrar que não causaria nenhum dano aos seus passageiros e que a unidade não sofreria deformações que o impediria de ser içada durante cinco minutos após o impacto.  
 
·  Uma auditoria do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ ) foi realizada de acordo com a norma ISO 9001:2008.



Fonte: Redação / Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar