acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Crise financeira

Petrobras adia plano estratégico 2009/2013

14/10/2008 | 05h29

A crise financeira vem atrasando a divulgação do novo planejamento estratégico da Petrobras, com a previsão de investimentos entre 2009 e 2013. Segundo fontes que acompanham o processo, a área técnica da companhia vem encontrando dificuldades para traçar cenários econômicos que justifiquem os investimentos e para identificar as fontes de recursos para financiar os projetos.

 

Originalmente, o plano seria divulgado no início de setembro. Foi adiado para o início de outubro e, agora, para o fim do mês. No mercado, porém, um novo adiamento, para meados de novembro, é dado como certo. No planejamento estratégico, a companhia vai apresentar suas expectativas de crescimento até 2020 e detalhar os investimentos para desenvolver as reservas da camada do pré-sal, localizada abaixo do leito marinho.

 

Alguns números globais, como metas de produção e grandes projetos de refino já foram apresentados ao Conselho de Administração da companhia, que já teve duas reuniões para discutir o tema. Uma fonte próxima às negociações, porém, diz que há grande dificuldade em quantificar o volume de investimentos necessários e sua origem, já que ainda não é possível prever os desdobramentos da crise financeira.

 

"O problema, nesse momento, é ver a financiabilidade dos projetos. Por mais que Petrobras gere caixa, parte dos investimentos é sustentada em captação. E cadê o mercado? Cadê a oferta?", pergunta a fonte. Pelo plano atual, a Petrobras prevê US$ 112 bilhões em investimentos entre 2008 e 2012, com uma geração de caixa de US$ 104 bilhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar