acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
América do Sul

Petroandina pretende investir US$ 1,17 bilhões na Bolívia

17/01/2007 | 00h00

 A empresa de risco compartilhado Petroandina, formada pelas petroleiras estatais YPFB, boliviana, e PDVSA, venezuelana, investirá pelo menos US$ 1,17 bilhões na Bolívia durante os próximos anos, informou a agência de notícias do governo boliviano - ABI -, citando o presidente da YPFB, Juan Carlos Ortiz.

O investimento se destinará a exploração de hidrocarbonetos e a instalação de duas plantas de separação de líquidos de gás.

A exploração se realizará em quatro blocos no sul da Bolívia, dos quais o mais importante se encontra nos departamentos de Chuquisaca e Tarija.
 
As obras de exploração tardarão 2 a 3 anos em produzir resultados e as companhias esperam ter notícias no final de 2008 ou começos de 2009.

Os investimentos necessários para a exploração somam US$ 1 bilhão e o restante seria destinada às plantas de separação de líquidos de gás, afirmou o diário boliviano Los Tiempos.

Se espera que a primeira planta de separação de líquidos comece a operar durante o segundo semestre de 2008 ou a princípios do ano seguinte.

As empresas já haviam anunciado seus plano de construir a planta de US$ 100 milhões Yacuíba, que processaria cerca de 300 milhões de pés cúbicos diários de gás natural para produzir 309 toneladas diárias de gás liquefeito de petróleo (GLP) e 854 barris por dia de gasolina natural. Após este se seguiria um projeto similar, informou anteriormente a BNamericas.



Fonte: BNamericas
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar