acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Petro Brasil 2014 reunirá grandes players e pequenos fornecedores

19/03/2014 | 17h19

 

Evento “Petro Brasil 2014” reunirá grandes players e pequenos fornecedores
Rede Petro Brasil junta elos do setor que receberá 55 bilhões de dólares por ano.
Entre 8 e 10 de abril a agência de Comunicação Zoom Out promoverá o evento “Petro Brasil 2014”, que reunirá representantes da rede “Petro Brasil”, formada por 18 redes com cerca de 1500 empresas, grandes players, entidades de fomento e de regulamentação do setor. Todas as partes interessadas em alinhar o discurso, para aumentar a competitividade e volume de negócios em torno do conteúdo nacional de um setor que receberá 55 bilhões de dólares a cada um dos próximos 20 anos, segundo previsão divulgada pela Agência Internacional de Energia. O evento é patrocinado pela Firjan, Sebrae, FMC Technologies e  prefeituras de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí. Com participação de marcas âncoras como Estaleiro Brasa, Estaleiro TEC, NOV, Transpetro, Nuclep, IESA.  
O evento será  no Caminho Niemeyer, em Niterói e o acesso é gratuito mediante prévia inscrição pelo site www.redepetrobrasil.org.br/petrobrasil2014. 
O “Petro Brasil 2014” contará com palestras, rodadas de negócios e visitas técnicas ao Pólo Guaxindiba e Porto de Niterói. No evento serão tratados temas como: aprofundamento da certificação de conteúdo nacional, estratégia de aquisições do EPC, formação do parque tecnológico de Niterói, formação do cluster de subsea no Estado do Rio de Janeiro, cadastro na Transpetro, entre outros assuntos estratégicos para o desenvolvimento da cadeia de petróleo, óleo e gás. 
Muitas associações e organizações importantes do setor estarão presentes no evento como o Centro de Excelência do EPC que estará palestrando, Abimaq, Abenav, Sinaval, Sobena e a ONIP.
O Rio de Janeiro figura como principal produtor no cenário futuro de petróleo e gás. O mercado estima que nos próximos 30 anos sejam investidos cerca de US$ 1,7 trilhões somente para o pré-sal, o que se traduz numa oportunidade de crescimento e fortalecimento da cadeia produtiva, bem como do capital intelectual que se faz presente no estado. Para completar, o setor responde por mais de 161 mil empregos no país, o maior mercado de trabalho no estado do Rio, o dobro da média da economia, entre 2006 e 2012. No estado, enquanto os demais setores cresceram 32%, o setor de petróleo cresceu, no mesmo período, 66%, de acordo com Glicia Carnevale, gerente de óleo e gas do Sistema FIRJAN.  A instituição levará ao Petro Brasil 2014 soluções em capacitação técnica e seus Centros de Tecnologia nas áreas de Automação e Simulação, Solda e Meio Ambiente.  
“O evento contribui por reunir especialistas do setor, empresários e técnicos envolvidos com esse crescimento magnânimo que acompanhamos, e que vai se intensificar nos próximos anos. A troca de experiências entre os interlocutores promove o desenvolvimento de negócios, viabiliza novos projetos e incentiva novas idéias. Esse tipo de encontro sempre é muito bem vindo, principalmente quando oferece um elevado nível de debates, com participantes altamente qualificados”, avalia Julio Bueno, Secretário de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro
Inscritos no “Petro Brasil 2014” poderão usufruir do atendimento gratuito que o Sebrae prestará, para confecção de plano de desenvolvimento empresarial às empresas participantes do evento. 
“Esse plano redunda em um conjunto de soluções para gestão financeira, comportamental e resoluções de marketing feito pontualmente para cada uma das empresas que atenderemos”, conclui Juliana Ventura, Analista de Projetos do Sebrae Leste Fluminense. Com foco no desenvolvimento das pequenas e médias empresas Brasileiras, que representam 99% do mercado nacional. 
O “Petro Brasil 2014” também deixará legado ambiental e cultural, por meio da medição de créditos de carbono, doação de lonas para confecção de material promocional, confeccionado por presidiárias engajadas com a Ong “Tem quem queira” e doação de mudas de arvores para as Prefeituras de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.
Mais: http://www.redepetrobrasil.org.br/petrobrasil2014/ e inscrição na rodada de negócios através do site www.rodada.com.br

Entre 8 e 10 de abril a agência de Comunicação Zoom Out promoverá o evento Petro Brasil 2014, que reunirá representantes da rede “Petro Brasil”, formada por 18 redes com cerca de 1500 empresas, grandes players, entidades de fomento e de regulamentação do setor. Todas as partes interessadas em alinhar o discurso, para aumentar a competitividade e volume de negócios em torno do conteúdo nacional de um setor que receberá 55 bilhões de dólares a cada um dos próximos 20 anos, segundo previsão divulgada pela Agência Internacional de Energia. O evento é patrocinado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), FMC Technologies e prefeituras de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí. Com participação de marcas âncoras como Estaleiro Brasa, Estaleiro TEC, NOV, Transpetro, Nuclep, IESA. O evento será realizado no Caminho Niemeyer, em Niterói e o acesso é gratuito mediante prévia inscrição.

O “Petro Brasil 2014” contará com palestras, rodadas de negócios e visitas técnicas ao Pólo Guaxindiba e Porto de Niterói. No encontro serão tratados temas como: aprofundamento da certificação de conteúdo nacional, estratégia de aquisições do EPC, formação do parque tecnológico de Niterói, formação do cluster de subsea no Estado do Rio de Janeiro, cadastro na Transpetro, entre outros assuntos estratégicos para o desenvolvimento da cadeia de petróleo, óleo e gás. 

Dentre as associações e organizações do setor que estarão presentes no evento estão: o Centro de Excelência do EPC que estará palestrando, Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Brasileira da Indústria Naval e Offshore (Abenav), Sindicato Nacional da Indústria de Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval), Sociedade Brasileira de Engenharia Naval  (Sobena) e a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip).

Inscritos no “Petro Brasil 2014” poderão usufruir do atendimento gratuito que o Sebrae prestará, para confecção de plano de desenvolvimento empresarial às empresas participantes do evento. “Esse plano redunda em um conjunto de soluções para gestão financeira, comportamental e resoluções de marketing feito pontualmente para cada uma das empresas que atenderemos”, conclui Juliana Ventura, Analista de Projetos do Sebrae Leste Fluminense. Com foco no desenvolvimento das pequenas e médias empresas Brasileiras, que representam 99% do mercado nacional. 

O Petro Brasil 2014 também deixará legado ambiental e cultural, por meio da medição de créditos de carbono, doação de lonas para confecção de material promocional, confeccionado por presidiárias engajadas com a Ong “Tem quem queira” e doação de mudas de arvores para as Prefeituras de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Mercado carioca

O Rio de Janeiro figura como principal produtor no cenário futuro de petróleo e gás. O mercado estima que nos próximos 30 anos sejam investidos cerca de US$ 1,7 trilhões somente para o pré-sal, o que se traduz numa oportunidade de crescimento e fortalecimento da cadeia produtiva, bem como do capital intelectual que se faz presente no estado. Para completar, o setor responde por mais de 161 mil empregos no país, o maior mercado de trabalho no estado do Rio, o dobro da média da economia, entre 2006 e 2012. No estado, enquanto os demais setores cresceram 32%, o setor de petróleo cresceu, no mesmo período, 66%, de acordo com Glicia Carnevale, gerente de óleo e gas do Sistema Firjan. A instituição levará ao Petro Brasil 2014 soluções em capacitação técnica e seus Centros de Tecnologia nas áreas de Automação e Simulação, Solda e Meio Ambiente.  

“O evento contribui por reunir especialistas do setor, empresários e técnicos envolvidos com esse crescimento magnânimo que acompanhamos, e que vai se intensificar nos próximos anos. A troca de experiências entre os interlocutores promove o desenvolvimento de negócios, viabiliza novos projetos e incentiva novas idéias. Esse tipo de encontro sempre é muito bem vindo, principalmente quando oferece um elevado nível de debates, com participantes altamente qualificados”, avalia Julio Bueno, Secretário de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro.

Programação completa, inscrições e mais informações: www.redepetrobrasil.org.br/petrobrasil2014



Fonte: Redação TN/ Ascom Petro Brasil 2014
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar