acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Pesquisa detecta queda de 0,8% na produção da Opep

07/08/2006 | 00h00

A produção de petróleo bruto dos países-membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) recuou 0,8% em julho passado, segundo uma pesquisa feita pela Bloomberg News.

A produção de petróleo da Opep caiu, em média, 250 mil barris/dia, para o total de 29,61 milhões de barris/dia, segundo a pesquisa realizada junto a empresas petrolíferas, países produtores e analistas. A produção de junho foi corrigida para menos 60 mil barris/dia. Os 11 países-membros da Opep bombearam 30,54 milhões de barris/dia em outubro de 2004, seu maior patamar desde 1979.

A produção do Iraque no mês passado teve alta de 40 mil barris/dia, passando ao total de 2,13 milhões de barris/dia, a maior desde outubro de 2004, segundo a pesquisa. O país foi o único membro da Opep a elevar sua produção de petróleo em julho.

O preço do petróleo fechou em queda na sexta-feira, derrubado pelo alívio por a tempestade tropical Chris ter se enfraquecido.

Mesmo assim as empresas petrolíferas e de gás que operam no Golfo do México continuam atentas à tempestade, já que o Centro Nacional de Furacões dos EUA em Miami alertou que ela ainda pode voltar a ser tempestade tropical.

Em Nova York, os contratos do WTI para entrega em setembro caíram 71 centavos de dólar, a US$ 74,75 por barril. Em Londres, o tipo Brent recuou 31 centavos de dólar, a US$ 76,25 por barril.

O petróleo em Londres está sendo negociado acima do referencial nova-iorquino, o que é incomum, devido a problemas na produção na Nigéria, causando impacto mais imediato na Europa do que nos EUA.



Fonte: Valor Econômico/Ag.
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar