acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Perspectivas para a economia mundial têm melhorado

12/09/2013 | 17h46

 

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, disse hoje (12) que “as perspectivas para a economia internacional têm melhorado”, durante encontro com dirigentes da Associação Nacional de Jornais, em São Paulo. Ele entende que a economia mundial está em transição, dando início ao processo de normalização das condições monetárias.
O encontro foi fechado à imprensa, mas a assessoria do banco divulgou nota na qual salientou que o momento de transição apresenta desafios para os quais o Brasil está preparado, e “o BC tem atuado para reduzir a volatilidade (variação) decorrente desse processo”.
Tombini destacou a importância do programa de leilões de swap cambial [método equivalente à venda de dólares no mercado futuro], promovidos de segunda-feira a quinta-feira, e os leilões de venda de dólares com compromisso de recompra, sempre às sextas-feiras.
O programa, segundo ele, além de conferir previsibilidade, oferece proteção cambial aos agentes econômicos durante o período de transição da economia internacional. Desde a sua adoção, no último dia 22, o real valorizou mais de 6% em relação ao dólar norte-americano e apresentou o melhor desempenho entre os países emergentes, acrescentou.
O presidente do banco destacou que o crescimento interno da atividade econômica tem se materializado de forma gradual, com destaque para o desempenho da produção de bens de capital, ligados ao investimento.
Disse, também, que a consolidação da economia como um todo, e do investimento em particular, passa pelo fortalecimento da confiança das empresas e das famílias, manifestada, em parte, no aumento das vendas no varejo, em julho, conforme números divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Fato que, no seu entender, "corrobora a perspectiva de melhora da economia e da confiança".

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, disse hoje (12) que “as perspectivas para a economia internacional têm melhorado”, durante encontro com dirigentes da Associação Nacional de Jornais, em São Paulo. Ele entende que a economia mundial está em transição, dando início ao processo de normalização das condições monetárias.


O encontro foi fechado à imprensa, mas a assessoria do banco divulgou nota na qual salientou que o momento de transição apresenta desafios para os quais o Brasil está preparado, e “o BC tem atuado para reduzir a volatilidade (variação) decorrente desse processo”.


Tombini destacou a importância do programa de leilões de swap cambial [método equivalente à venda de dólares no mercado futuro], promovidos de segunda-feira a quinta-feira, e os leilões de venda de dólares com compromisso de recompra, sempre às sextas-feiras.


O programa, segundo ele, além de conferir previsibilidade, oferece proteção cambial aos agentes econômicos durante o período de transição da economia internacional. Desde a sua adoção, no último dia 22, o real valorizou mais de 6% em relação ao dólar norte-americano e apresentou o melhor desempenho entre os países emergentes, acrescentou.


O presidente do banco destacou que o crescimento interno da atividade econômica tem se materializado de forma gradual, com destaque para o desempenho da produção de bens de capital, ligados ao investimento.


Disse, também, que a consolidação da economia como um todo, e do investimento em particular, passa pelo fortalecimento da confiança das empresas e das famílias, manifestada, em parte, no aumento das vendas no varejo, em julho, conforme números divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Fato que, no seu entender, "corrobora a perspectiva de melhora da economia e da confiança".

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar