acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pré-sal

Perfuração de novos poços confirma potencial da área de Libra

15/10/2015 | 09h14
Perfuração de novos poços confirma potencial da área de Libra
Agência Petrobras Agência Petrobras

 

A Petrobras informa que o consórcio responsável pela área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, concluiu a perfuração do poço 3-BRSA-1310-RJS, localizado na porção central do bloco. A perfuração do poço identificou a presença de hidrocarbonetos em reservatórios de baixa porosidade, trazendo informações importantes para a campanha de avaliação dessa grande estrutura.  Esse é o quarto poço perfurado na área de Libra.
O consórcio também está perfurando em duas outras localidades: o poço 3-RJS-739A, na porção noroeste do bloco, já encontrou reservatório carbonático com óleo e segue em operação de perfuração e testemunhagem (coleta de amostras do reservatório); e o 3-RJS-741, na área norte, que está em fase inicial de perfuração. 
O bloco de Libra foi adquirido em outubro de 2013 e se encontra em fase exploratória. O consórcio já contratou um FPSO (navio de produção, armazenamento e transferência de petróleo) com capacidade de 50 mil barris por dia (bbl/dia) de óleo e 4 milhões de m3/dia de gás para realizar testes de longa duração na área. Além disso, encontra-se em licitação o FPSO do projeto piloto de produção, com capacidade para 180 mil barris por dia de óleo e 12 milhões m3 por dia de gás.
O consórcio de Libra é formado pela Petrobras (Operadora, 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%), CNOOC (10%) e pela PPSA (gerente de contrato).

A Petrobras informa que o consórcio responsável pela área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, concluiu a perfuração do poço 3-BRSA-1310-RJS, localizado na porção central do bloco. A perfuração do poço identificou a presença de hidrocarbonetos em reservatórios de baixa porosidade, trazendo informações importantes para a campanha de avaliação dessa grande estrutura.  Esse é o quarto poço perfurado na área de Libra.

O consórcio também está perfurando em duas outras localidades: o poço 3-RJS-739A, na porção noroeste do bloco, já encontrou reservatório carbonático com óleo e segue em operação de perfuração e testemunhagem (coleta de amostras do reservatório); e o 3-RJS-741, na área norte, que está em fase inicial de perfuração. 

O bloco de Libra foi adquirido em outubro de 2013 e se encontra em fase exploratória. O consórcio já contratou um FPSO (navio de produção, armazenamento e transferência de petróleo) com capacidade de 50 mil barris por dia (bbl/dia) de óleo e 4 milhões de m3/dia de gás para realizar testes de longa duração na área.

Além disso, encontra-se em licitação o FPSO do projeto piloto de produção, com capacidade para 180 mil barris por dia de óleo e 12 milhões m3 por dia de gás.O consórcio de Libra é formado pela Petrobras (Operadora, 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%), CNOOC (10%) e pela PPSA (gerente de contrato).

 



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar