acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petroquímica

Pelo menos 200 empresas são esperadas na terceira geração do pólo de Itaboraí/São Gonçalo

04/08/2006 | 00h00

A entrada em operação do novo pólo petroquímico da Petrobras em Itaboraí e São Gonçalo deverá atrair pelo menos 200 empresas de terceira geração. A estimativa foi feita hoje pelo presidente da Petroquisa, José Lima de Andrade Neto, durante audiência da comissão especial da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro para acompanhar a implantação do projeto. Segundo Lima, os investimentos esperados dessas empresas são da ordem de US$ 200 milhões, com um potencial de faturamento global de US$ 600 milhões.

Lima, no entanto, cobrou empenho de governos e da própria Petrobras para a atração de mais indústrias transformadoras e finalizadoras de produtos plásticos de forma a atrair investimentos que podem chegar a US$ 2 bilhões. O presidente da Petroquisa relatou também que o projeto do pólo já está entrando em sua terceira fase, de detalhamento, em que serão definidos os equipamentos a serem usados e que em breve terá início a aquisição dos terrenos.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar