acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Abreu e Lima

PDVSA entrega garantias ao BNDES

30/09/2011 | 12h46
O BNDES informou que recebeu da petrolífera estatal venezuelana PDVSA as garantias correspondentes a 40% do empréstimo de R$ 10 bilhões feito pelo banco à Petrobras para a construção da refinaria Abreu e Lima. Na prática, a entrega dessas garantias, se elas forem aprovadas, significa que a PDVSA está confirmando a sua associação com a estatal brasileira para construir a refinaria, em Pernambuco, com capacidade para processar 220 mil barris de petróleo por dia, cujas obras estão adiantadas.

A entrega também põe fim a uma novela que se arrasta por cinco anos. Desde 2006 os governos do Brasil e da Venezuela têm assinado protocolo de intenções prevendo a construção conjunta da refinaria. Posteriormente ficou estabelecido que a Petrobras teria 60% do capital e a PDVSA ficaria com 40%. As obras foram iniciadas há mais de dois anos e a empresa venezuelana não integralizava sua participação, levando dirigentes da estatal brasileira a admitir a hipótese de concluir a obra sem a parceria.

Em julho de 2009 a Petrobras obteve do BNDES o empréstimo de aproximadamente R$ 10 bilhões para a obra que deverá custar mais de R$ 20 bilhões. Ficou definido que a empresa brasileira repassaria para a PDVSA  40% desse empréstimo, destinado à primeira fase da obra. No entanto, a empresa da Venezuela não conseguia atender as exigências do banco e o tempo foi passando. A Petrobras estabeleceu que agosto deste ano, quando o valor do empréstimo seria totalmente consumido na obra, como prazo final para a confirmação do acordo, tendo depois estendido esse prazo até amanhã, 30 de setembro.

Há duas semanas a PDVSA divulgou nota informando que havia entregue as garantias, mas o banco não confirmou o recebimento. Fontes extraoficiais informaram que não tinha havido o recebimento. Na semana passada o BNDES informou que as negociações prosseguiam e, quarta-feira (28), informou ter recebido as garantias e que agora a documentação iria para análise.


Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar