acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
América do Sul

PDVSA compra 50% das ações da Ancap em distribuidora argentina

14/02/2006 | 00h00

A petroleira estatal venezuelana, PDVSA, comprou 50% das ações que a petroleira estatal uruguaia, Ancap, tem na distribuidora argentina de combustível, a Petroleira do Cone Sul por US$ 15 milhões, informou a PDVSA e um comunicado.

A PDVSA espera vender através das 155 estações de serviço da Petroleira do Cone Sul 145 mil barris de combustívels por mês na Argentina. A Petroleira do Cone Sul é a quinta maior cadeia de estações de serviços da Argentina, com uma participação de 4% do mercado, segundo a PDVSA.

Além de suas estações de serviço, possui uma planta de distribuição com certificação ISO 14001 e 52 oficinas, segundo o comunicado.

A Ancap, que tinha uma participação de 92% na Petroleira do Cone Sul antes da venda da PDVSA, continua sendo sócia na empresa com um 46%, enquanto a PDVSA também possui 46%, revelou a imprensa local.

O gerente geral da Ancap, Sergio Lattanzio, disse em janeiro à BNamericas que a venda poderia demorar entre quatro a seis meses, mas Álvaro Suárez, gerente da divisão de planificação e desenvolvimento de Ancap, disse a BNamericas que a PDVSA fez a oferta adequada no momento preciso.

A PDVSA estudou os ativos da Petroleira durante oito meses,afirmou, se encarregou da análise e do papéis até que tudo se enquadrou, agregando que em nenhum caso Ancap ou PDVSA se viram apressadas.

O executivo informou que foi dada uma oportunidade e a empresa que fez a oferta foi a PDVSA, proposta que lhes pareceu correto aceitar.

Em relação a uma possível venda da participação restante, de 46%, que a Ancpa mantém na Petroleira, Suárez afirma que, por enquanto, não foi estudado.

A PDVSA também se encontra em conversas com a Ancap para converter-se em sócia de um projeto para modernizar a refinaria La Teja do Uruguai, mas a venda de parte da participação da Ancap na Petroleira não afetará estas negociações, garantiu Suárez.

O ministro de Energia e Petróleo da Venezuela e presidente de PDVSA, Rafael Ramírez, manifestou que a aquisição é um "passo decisivo na integração energética da América do Dul de maneira soberana e independente, com total controle sobre nossos recursos, al tempo que afiançamos a presença da PDVSA em solo argentino".

A PDVSA expressou sua intenção de diversificar os mercados de exportação, com especial atenção na Ásia, o Caribe e o resto da Latino-américa. Atualmente, 57% de todas as exportações se destina a EEUU.

A petroleira venezuelana é sócia da energética estatal argentina Enarsa em duas estações de serviço de Buenos Aires, e a Enarsa também está avaliando associar-se na Petroleira do Cone Sul, segundo o comunicado.

A PDVSA e a Enarsa anunciaram uma meta de longo prazo, em fevereiro de 2005, para obter uma participação de 12% no mercado argentino de combustível.

A Petroleira do Cone Sul se separou da filial da Ancap Sol Petróleo o 2000 para manejar as estações do serviços da empresa, enquanto que Sol Petróleo continua sob o controle do negócio petroquímico da firma.

A Ancap decidiu no ano passado vender suas ações na Petroleira do Cone Sul depois de haver tentado vários métodos para ajudar a empresa a restabelecer sua rentabilidade. A Petroleira do Cone Sul contabilizou uma perda de US$ 26 milhões em 2004 e, ainda que seus resultados de 2005 ainda não se conheçam, a perda poderia ser significativamente maior devido a várias dúvidas, segundo informes anteriores da BNamericas.

A Petroleira do Cone Sul está afetada pela falta de reservas de petróleo e capacidade de refino, o que obriga a empresa a comprar nafta e diesel de terceiros. A Petroleira recebeu em dezembro uma injeção de efetivo de US$ 29 milhões da Ancap para pagar dívidas de certos credores incluído o Standard Bank London Limited, revelou a imprensa local.



Fonte: BNamericas
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar