acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Crescimento

PAC inclui 183 projetos do Plano Estratégico da Petrobras

23/01/2007 | 00h00

 Desse total, R$ 67,8 bilhões virão do Orçamento da União e R$ 436,1 bilhões das empresas estatais e do setor privado. Em comparação ao que já estava previsto, porém, o PAC significa, para este ano, a adição de apenas R$ 11,5 bilhões de recursos orçamentários novos.

             De acordo com o pacote apresentado pelo Governo Federal no dia 22 de janeiro, o setor de energia elétrica, petróleo, gás natural e combustíveis renováveis deverá receber a maior parcela dos investimentos previstos no PAC:  R$ 274 bilhões até 2010 e outros R$ 189 bilhões até 2015. Desse total, até 2010 R$ 93,4 bilhões deverão ser direcionados a atividades ligadas à exploração e produção de petróleo; R$ 45,2 bilhões para o aumento da capacidade de refino, transporte e setor petroquímica; R$ 40,4 bilhões em projetos ligados à exploração e produção de gás natural, e R$ 17,4 bilhões para pesquisa e desenvolvimento de combustíveis renováveis.

       Dentro do setor de combustíveis renováveis estão previstos investimentos de R$ 12,1 bilhões em álcool e R$ 1,196 bilhão em biodiesel, além da construção de um alcoolduto entre as regiões Sudeste e Centro-Oeste. O programa também prevê a construção de novos gasodutos e a ampliação da infra-estrutura de transporte de GNL (gás natural liqüefeito).

       

      Na ante-véspera do anúncio do PAC, a Petrobras divulgou ter aprovado um aumento de R$ 7.542 milhões no orçamento de 2007. Deste total, R$ 3.328 milhões são relativos a projetos vinculados ao Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás). Com a mudança, a estimativa de investimento da empresa para 2007 sobe de R$ 47.465 milhões para R$ 54.998 milhões.

Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar