acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Produção

P-54 tem o seu último módulo instalado

08/01/2007 | 00h00

Com o final da instalação dos módulos, a construção da P-54 entra na fase final de integração e comissionamento, faltando uma etapa, que deverá ser concluída em março de 2007. As obras de instalação e integração dos módulos de compressão, geração, produção e utilidade da P-54 foram realizadas no estaleiro
Mauá-Jurong, em Niterói (RJ).

Segundo informações da assessoria de Imprensa da Petrobras, a P-54 é uma das maiores plataformas do mundo e exigiu investimentos de cerca de US$ 900 milhões. Mais de 60% dos seus componentes, como os módulos, foram fabricados pela indústria brasileira, gerando até 2.600 empregos diretos.

Unidade do tipo FPSO (sistema flutuante de produção, armazenamento e transferência de óleo), a P-54 é uma das maiores plataformas do gênero no mundo. Quando ficar pronta – a previsão é janeiro de 2007 – a plataforma terá capacidade de processar diariamente 180 mil barris de petróleo e comprimir 6
milhões de metros cúbicos de gás natural.

A P-54 será instalada no campo de Roncador, na Bacia de Campos, e ficará interligada, a uma profundidade é de 1.400 metros, a 21 poços submarinos – 13 produtores de óleo e gás e oito injetores de água. O casco foi adaptado em um estaleiro em Cingapura, a partir do antigo navio-petroleiro Barão de Mauá, da frota da Petrobras.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar