acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Bacia de Campos

P-53 entra em operação no Campo de Marlin Leste

01/12/2008 | 10h00
P-53 entra em operação no Campo de Marlin Leste
P-53 entra em operação no Campo de Marlin Leste P-53 entra em operação no Campo de Marlin Leste

A Plataforma P-53, primeira  unidade  marítima do Campo de Marlim Leste, começou a operar nesse domingo (30). Localizada a 120 quilômetros da costa de Campos dos Goytacazes e ancorada  a 1.080  metros  de  profundidade,  a unidade terá capacidade de produzir  180 mil barris de petróleo pesado (20 graus API segundo a Agência Nacional  de  Petróleo)  e  seis  milhões de metros cúbicos de gás por dia.

 

Interligada  a  21  poços  – 13  produtores  e oito injetores – o petróleo produzido será escoado para o continente através da Plataforma de Rebombeio Autônoma (PRA-1). Com  investimento  total  de  US$ 1,4 bilhão, as tecnologias utilizadas são destaques  da  unidade.  Entre elas está o sistema Turret – torre receptora das linhas flexíveis de produção, injeção, oleoduto e gasoduto e das linhas de  ancoragem  –  com  26  metros  de diâmetro e capaz de receber 75 linhas flexíveis (risers).

 

Outro fator que chama a atenção é a utilização de 75% de conteúdo nacional. Na construção, destaca-se o número de empregos gerados, sendo 4.500 diretos e 15 mil indiretos, dentro do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

 

Construída a partir da conversão do navio português Setebello, a P-53 foi a primeira  plataforma  montada  integralmente no Porto de Rio Grande, no Rio Grande  do  Sul, que será base para outros projetos da Petrobras. A próxima obra a ser realizada no porto gaúcho será a P-55.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar