acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Rio Grande

P-53 chega mais cara e com atraso de 8 meses

06/09/2007 | 00h00
Com oito meses de atraso, chegou ontem (5/09) ao Brasil a plataforma P-53, que a Petrobras vai instalar em julho do ano que vem no Campo de Marlim Leste, na Bacia de Campos.



A unidade, que teve seu casco convertido da base de um petroleiro em Cingapura, ficará nos próximos 30 dias atracada no porto de Rio Grande (RS) para receber autorização para passar pelas obras de finalização no estaleiro Quip, sediado no estado e formado pela Queiroz Galvão, Iesa e UTC Engenharia.



A exemplo das demais unidades da Petrobras entregues este ano, o aquecimento do mercado internacional e a dificuldade de compra de equipamentos para a indústria do petróleo são as principais causas do atraso, informou o gerente de construção da P-53, Edmilson Soares de Medeiros. O custo da unidade, contratada em 2005 por US$ 950 milhões, deve aumentar. "Só saberemos o valor final quando ela estiver concluída", explicou.



Fonte: Agência EStado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar