acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Rio Pipeline

Ouro Negro leva robôs de inspeção para Rio Pipeline 2017

23/10/2017 | 13h36

Empresa brasileira de tecnologia com foco no desenvolvimento de soluções inovadoras para a indústria de óleo e gás, a Ouro Negro vai apresentar soluções de sua nova unidade de negócios, Sistemas Robóticos, na Rio Pipeline 2017 - Conference & Exhibition, que se realizará junto com a Offshore Technology Conference Brasil - OTC Brasil 2017, entre 24 e 26 de outubro, no Rio de Janeiro.

“A robótica é uma das tecnologias precursoras da indústria 4.0 e se constitui crucial para todos os setores que desenvolvem operações de alto risco, pois contribui para o desenvolvimento de soluções que aumentem a eficácia e segurança operacional, minimizando o risco humano e ambiental”, destaca Eduardo Costa, CEO da Ouro Negro, lembrando que o mote da Rio Pipeline 2017 é “Conectando o Futuro: Tendências e Desafios”.

Atenta às demandas do mercado e alinhada com a indústria 4.0, a Ouro Negro criou a unidade de Sistemas Robóticos a partir da incorporação da Insfor, uma das empresas brasileiras pioneiras nesse segmento. “A nova unidade tem o mesmo DNA de inovação da Ouro Negro, pois assim como as anteriores é fruto da incorporação de uma start-up que nasceu nos laboratórios da PUC-Rio”, observa o executivo.

Dedicada a projetos, desenvolvimento e inovação em soluções robóticas personalizadas de alta tecnologia, a Insfor agregou uma família de robôs ao portfólio da Ouro Negro, que vai apresentar na Rio Pipeline 2017 um trio de última geração, que atua com foco na inspeção dos ativos do setor de óleo e gás.

HAZMAG - Sistema robótico para inspeção visual de ambientes confinados e áreas radioativas, de difícil acesso e de alta periculosidade. Com sistema de fixação magnética e tração por esteiras, o Hazmag é equipado com a câmera INS4-PTZ100, tecnologia própria que realiza inspeção visual com alta resolução em ambientes extremos.

TATUÍ - Robô com autopropulsão para inspeção visual e medição de espessura de risers de perfuração, incluindo boost e linhas de choke e kill. O Tatuí foi desenvolvido para realizar inspeções onshore e offshore. Com sistema de locomoção bidirecional e auto ajustável, realiza inspeção de tubulações multidiâmetro em qualquer posição (inclusive vertical), gerando e gravando imagens e dados em tempo real.

SIMAS - Robô de inspeção modular para análise de soldas, que faz medições de altura (com incerteza de 0,03mm) das soldas de penetração da raiz e de estruturas tubulares. Equipado com câmera de alta definição, com movimentação pan/tilt e projeção laser, o Simas grava vídeo e imagens estanques, processadas por software de tecnologia própria da empresa.

“O robô Simas foi utilizado durante a soldagem dos risers e algumas estruturas da plataforma P-55, além de projetos do pré-sal nos campos de Sapinhoá e Cernambi”, explica Julio Guedes, fundador da Insfor e responsável pela área de Robótica da Ouro Negro.

"Estamos bastante confiantes com essa aquisição, que reforça a estratégia tecnológica da Ouro Negro. Buscamos continuamente a inovação, seja incremental ou disruptiva, para ampliar nosso portfólio de produtos e serviços, de forma a ajudar a indústria de óleo e gás a superar os desafios crescentes", conclui Eduardo Costa, CEO da Ouro Negro.

Serviço:

OTC Brasil 2017 - Offshore Technology Conference Brasil - OTC

De 24 a 26 de outubro no Riocentro

Pavilhão 3 – Estande J-7

www.ouronegro.com.br



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar