acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
OTC

OTC 2017: cresce 30% e atrai olhares de investidores

09/05/2017 | 16h39
OTC 2017: cresce 30% e atrai olhares de investidores
TN Petróleo TN Petróleo

O presidente do Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), Jorge Camargo, afirmou que a presença brasileira na OTC – Offshore Technology Conference, maior evento mundial da indústria do petróleo – cresceu 30% neste ano e atraiu a atenção de investidores diante do momento mais positivo para o setor no país.

Segundo Camargo, a participação de empresas, entidades, acadêmicos e outros agentes vindos do Brasil no evento e o interesse pelo país aumentaram graças à percepção de que o País avançou de um modelo de “protagonismo e intervencionismo estatal, que vigorou nos governos anteriores, para uma nova visão estratégica do setor, mais aberta à iniciativa privada, com regras mais flexíveis e voltada para a atração de investimentos.”

A maior presença brasileira foi percebida pela participação das empresas no Pavilhão Brasil. Estavam presentes 42 empresas em 2017, número superior ao de 2016, 32 expositores.

O presidente do IBP destacou que o fim da figura do operador único do pré-sal, o calendário fixo de leilões até 2019 e as mudanças na política de conteúdo local foram expostas pelas autoridades brasileiras na OTC este ano e bem recebidas por potenciais investidores.

O executivo ressaltou que o processo de transição iniciado por este governo caminha no sentido da melhoria do ambiente de negócios, porém, que ainda restam alguns temas a serem equacionados. Afirmou, também, que é importante reconhecer que neste processo de transição algumas definições são tomadas “de acordo com o possível” e representam avanços comparados a que tínhamos anteriormente, ainda que não contemplem todos os pleitos da indústria.

Camargo citou como exemplos o processo de abertura do operador único e das normas de conteúdo local, que mantiveram as multas por não cumprimento dos percentuais exigidos de encomendas locais. “O IBP não tem a pretensão de ser o dono da verdade. O importante é que Brasil está no caminho certo e a atual administração federal se mostra mais amigável ao investimento privado, e a indústria tem uma grande convergência com o governo. Conversamos e opinamos de modo muito aberto e franco”, disse Camargo.

Acesse o nosso álbum de fotos da OTC 2017 - Pavilhão Brasil: https://www.flickr.com/photos/154764467@N06/with/34557041045/



Fonte: Redação/Assessoria IBP
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar