acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Indústria Naval

OSX amplia encomendas e avança com licenciamento ambiental do maior estaleiro das Américas

11/05/2011 | 12h25
A OSX informou hoje que fechou o primeiro trimestre de 2011 com importantes conquistas: a ampliação  de sua carteira de encomendas e o avanço do licenciamento ambiental para início da construção de sua Unidade de Construção Naval - o maior estaleiro das Américas - no Complexo Industrial do Superporto do Açu, em São João da Barra (RJ).

 

Empresa do setor naval offshore do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, a OSX obteve no período o pedido firme de mais três unidades de produção para atender a campanha exploratória da OGX.

 

Para o diretor presidente da OSX, Luiz Eduardo Carneiro, "os primeiros meses de 2011 foram marcados por eventos de grande importância para a companhia: a emissão da Licença Prévia para a UCN Açu, o pedido da OGX, empresa de óleo e gás do Grupo, para mais três navios-plataforma do tipo FPSO e o recebimento de dois cascos VLCC adquiridos no final de 2010, estão entre alguns deles. A emissão da Licença de Instalação e o início da construção de nossa Unidade de Construção Naval estão muito próximos e, por isso, estamos confiantes de que o ano de 2011 será de grandes realizações para a consolidação do modelo de negócio da OSX", afirmou.

 

A carteira de encomendas da empresa praticamente dobrou de valor com as novas unidades demandadas pela OGX, passando a valer US$ 4, 8 bilhões. A OSX já contabiliza sete pedidos firmes em carteira: cinco FPSOs, que são unidades flutuantes de produção de petróleo, e duas WHPs, plataformas adequadas para águas rasas.

 

A primeira unidade, o FPSO OSX-1, está com mais de 80% de sua customização concluída. O processo é realizado em Cingapura e a unidade tem previsão de entrada em operação para o segundo semestre do ano, na Bacia de Campos (RJ). Já a construção do FPSO OSX-2 foi assinada com a SBM Offshore e tem previsão de entrada em operação no terceiro trimestre de 2013.

 

Já está em negociação a construção do FPSO OSX-3. Os cascos dos VLCCs já adquiridos pela OSX deverão ser destinados aos FPSOs OSX -4 e OSX-5, que serão integrados no Brasil já na UCN Açu. Essas unidades tem previsão de entrada em operação entre 2013 a 2015.

 

Para a construção das plataformas do tipo WHP, foi assinada carta de intenções com a Techint, em fevereiro de 2011. O contrato definitivo para a construção destas plataformas encontra-se em fase adiantada de negociações e a operação das unidades deve começar no terceiro trimestre de 2013.

 

Quanto a UCN Açu, a empresa assinou contrato com a Hyundai Samho para construção do maior guindaste naval das Américas, com capacidade para 1,6 mil toneladas. O equipamento será utilizado na montagem de cascos a na movimentação de cargas na área de dique seco do empreendimento. As obras da UCN Açu, previstas para começar este semestre e deverão ser concluídas até o final de 2013.

 

A UCN representa um investimento da OSX de cerca de R$3 bilhões e irá gerar 3500 empregos diretos durante sua construção e 10mil outros no início da operação.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar