acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Oposição pressiona por instalação de CPMI para investigar a Petrobras

30/04/2014 | 14h28

 

Líderes dos partidos de oposição devem aguardar até amanhã (30) uma decisão do presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre a instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras. Calheiros ficou de tentar marcar uma reunião com líderes de todos os partidos para decidir sobre a questão. Os líderes da oposição na Câmara se reuniram com o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para pressionar pela instalação da CPMI.
O presidente da Câmara disse que conversará com o senador Renan Calheiros para buscar um acordo sobre a instalação da comissão. “Estou examinando com o senador Renan uma solução que concilie os interesses da Câmara e do Senado”, disse. Após a reunião com líderes da oposição, Alves informou que pretende conversar ainda hoje com Calheiros sobre a CPMI.
De acordo com o líder do PSDB, deputado Antônio Imbassahy (BA), os partidos de oposição devem aguardar até amanhã uma posição final do senador Renan sobre a criação da CPMI da Petrobras. Também o líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), disse que a oposição deverá aguardar uma decisão sobre a instalação da CPMI até amanha. “Vamos aguardar uma decisão nesta quarta-feira. Se ela não sair, a oposição adotará todos as medidas legislativas e judiciais cabíveis para garantir seu direito constitucional de instalar a CPI mista”.
A comissão parlamentar mista de inquérito, proposta pela oposição, é para investigar exclusivamente as denúncias e suspeitas de corrupção, má gestão e superfaturamento em negócios da Petrobras. “Trata-se de uma investigação que precisa mobilizar todo o Congresso e, em nossa visão, o melhor caminho é a CPI mista”, afirmou o líder do PPS, que não vê problemas que também se instale outra comissão só no Senado, como já determinou o STF.

Líderes dos partidos de oposição devem aguardar até hoje (30) uma decisão do presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre a instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras. Calheiros ficou de tentar marcar uma reunião com líderes de todos os partidos para decidir sobre a questão. Os líderes da oposição na Câmara se reuniram com o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para pressionar pela instalação da CPMI.

O presidente da Câmara disse que conversará com o senador Renan Calheiros para buscar um acordo sobre a instalação da comissão. “Estou examinando com o senador Renan uma solução que concilie os interesses da Câmara e do Senado”, disse. Após a reunião com líderes da oposição, Alves informou que pretende conversar ainda hoje com Calheiros sobre a CPMI.

De acordo com o líder do PSDB, deputado Antônio Imbassahy (BA), os partidos de oposição devem aguardar até amanhã uma posição final do senador Renan sobre a criação da CPMI da Petrobras. Também o líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), disse que a oposição deverá aguardar uma decisão sobre a instalação da CPMI até amanha. “Vamos aguardar uma decisão nesta quarta-feira. Se ela não sair, a oposição adotará todos as medidas legislativas e judiciais cabíveis para garantir seu direito constitucional de instalar a CPI mista”.

A comissão parlamentar mista de inquérito, proposta pela oposição, é para investigar exclusivamente as denúncias e suspeitas de corrupção, má gestão e superfaturamento em negócios da Petrobras. “Trata-se de uma investigação que precisa mobilizar todo o Congresso e, em nossa visão, o melhor caminho é a CPI mista”, afirmou o líder do PPS, que não vê problemas que também se instale outra comissão só no Senado, como já determinou o STF.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar